Receba nossa news

  •  
  •  
Você está aqui: Home Exclusivo Saúde As lesões mais comuns em corredores

As lesões mais comuns em corredores

saude 12011
Veja como orientar o consumidor para a prática esportiva

Uma das modalidades esportivas que mais cresce no País é a corrida de rua. Ela traz uma série de benefícios à saúde física e mental. Antes de ingressar no esporte, porém, as pessoas devem tomar algumas precauções para evitar lesões e não atrapalhar o desempenho durante o esporte.

A principal dica é procurar a orientação de um preparador físico e, assim, evitar problemas como a sobrecarga na estrutura músculo esquelética e dores no joelho causadas, principalmente, por falta de fortalecimento muscular.

Em casos leves de dores e incômodo, uma alternativa para aliviar os sintomas é o emprego de medicamentos à base de diclofenaco dietilamônio, um Medicamento Isento de Prescrição (MIP) que possui ação analgésica e anti-inflamatória para diminuir o inchaço e a dor na região. Trazendo, dessa forma, alívio imediato às lesões causadas pelo esforço no treinamento.

Confira alguns problemas mais comuns entre os corredores, segundo o personal trainer Eduardo Rodrigues:

1. Inflamação da canela: conhecida também como canelite, é caracterizada por uma inflamação dos tecidos do tendão e dos músculos ao redor da tíbia. É comum em esportistas que estão estreando no esporte.

2. Fascite plantar: a fáscia plantar, localizada na sola do pé, liga o calcanhar aos dedos. Ocorre devido a alterações na forma do pé, aumento de peso ou erros de pisada durante o treinamento.

3. Torção: também chamada de entorse, provoca o estiramento ou a ruptura de um ou mais ligamentos do tornozelo.

4. Fratura por estresse: são muito frequentes em decorrência do impacto da atividade durante a corrida.

5. Tendinite de Aquiles: caracterizada por uma inflamação ou degeneração do tendão de Aquiles, é fruto de um desgaste da articulação. Causa inchaço e dor.

6. Distensão Muscular: é resultado da sobrecarga de exercícios físicos sem repouso adequado ou por falta de alongamento. Acontece quando os músculos posteriores da coxa são contraídos fortemente e repetidamente, sobrecarregando os músculos mais fracos e levando ao estiramento muscular parcial ou total.

7. Lombalgia: mais conhecida como dor na coluna, é fruto da ausência de alongamento e também da realização de exercício em postura inadequada.

Fonte: Aché
Foto: Shutterstock 

 

Veja Também

Sites do Grupo

logo-contento
logo site

Contate-nos

1396561723 social facebook box blue   1396561730 social twitter box blue   1396561765 youtube

Guia da Farmácia: Revista dirigida aos profissionais de saúde
Rua Leonardo Nunes, 198
Vila Clementino – CEP 04039-010
São Paulo – SP


Telefone (11) 5082-2200
comunicacao@contento.com.br