Destaques & lançamentos

10 termos diferentes usados durante a gravidez

Conheça as expressões importantes que são utilizadas no período de gestação

Com a chegada da gravidez e a visita frequente aos consultórios médicos, as gestantes começam, então, a ouvir diferentes termos, utilizados para se referir a procedimentos comuns durante o período gestacional.

O ginecologista e obstetra da Criogênesis, Dr. Renato de Oliveira, escolheu 10 palavras que são frequentemente usadas e esclarece seus significados:

1. Altura uterina

A altura uterina é a medida que avalia o desenvolvimento do bebê e o ganho de peso gestacional. Feita com o uso de fita métrica, é indicada sua realização, então, a partir do quinto mês de gravidez, quando o útero se torna visível.

2. BCF

A saber, o termo refere-se aos batimentos cardíacos fetais, que variam durante todo o período de gravidez.

O obstetra explica que, a partir de cinco semanas, já é possível ouvir o barulho do coração do bebê, que é, então, detectado através do ultrassom.

3. Colostro

O primeiro leite produzido pela mãe durante o período de amamentação é chamado de colostro.

Ideal para o alimento do recém-nascido, o líquido concentrado é, portanto, bastante rico em proteínas e nutrientes, que é completo para a nutrição do bebê.

“Além disso, ele possui baixo teor de gordura, com digestão mais facilitada”, afirma.

4. DPP

A sigla significa “Data Provável de Parto” e é utilizada, portanto, para prever a época estimada de nascimento da criança.

Dessa maneira, o cálculo é, então, feito baseado na última menstruação da mulher, sendo acrescentado 9 meses e 7 dias, tempo médio de uma gravidez humana.

5. Hiperêmese gravídica

Apesar de no início da gestação ser normal haver enjoos, a hiperêmese gravídica é uma versão extrema das náuseas, causando vômitos excessivos.

Oliveira, explica também que devido ao aumento descontrolado de hormônios, a condição pode, portanto, levar a desidratação e também a perda de peso, sendo necessário acompanhamento médico.

6. Líquido Amniótico

O fluido que envolve o bebê, preenche a bolsa e a cavidade uterina é chamado de líquido amniótico. Com variados componentes vitais, ele consiste em água, nutrientes, hormônios e citocinas – proteínas que modulam outras células – que realizam, portanto, a proteção do feto.

Sua produção acontece 12 dias após o início da gestação.

7. Mecônio

Produzida pelo intestino do bebê antes do parto e normalmente liberada nos primeiros dias do recém-nascido, o mecônio é a matéria fecal expelida por ele após o início da amamentação.

De coloração escura, em alguns casos é eliminado, então, no líquido amniótico.

8. Raquidiana

A raquidiana é um tipo de anestesia comumente usada em partos para aliviar a dor.

A técnica, feita em parto normal ou cesariana, consiste, portanto, na perda de sensibilidade da parte inferior do corpo para o alívio dos sintomas do parto.

9. Translucência Nucal

O exame feito em ultrassom consiste, portanto, em medir a quantidade de líquido atrás da nuca do feto, para, então, avaliar possíveis problemas genético.

De acordo com o especialista, o procedimento é, dessa maneira,  realizado no primeiro trimestre de gravidez e é a principal fonte para detecção de má-formação e a Síndrome de Down, por exemplo, no período gestacional.

10. Vérnix

Vérnix caseoso é uma substância gordurosa encontrada em bebês após o nascimento, que protege a pele sensível contra microrganismos e ajuda na termorregulação.

Com aspecto de cera, a matéria é retirada no primeiro banho do recém-nascido, indicada somente 24h após o parto.

Fonte: Criogênesis

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário