AbbVie e I-Mab firmam parceria para tratamento de múltiplos cânceres

As empresas compartilharão as responsabilidades de fabricação, sendo a AbbVie o principal fabricante de fornecimento global do lemzoparlimabe

A AbbVie e a I-Mab  anunciaram amplo acordo de colaboração global­­­­­ para o desenvolvimento e comercialização de  lemzoparlimabe (também conhecido como TJC4).

O medicamento é um anticorpo monoclonal inovador anti-CD47 descoberto e desenvolvido pela I-Mab para o tratamento de múltiplos cânceres.

Além disso, o acordo pode ser expandido para mais terapias transformadoras.

Lemzoparlimabe é uma das principais terapias em fase de pesquisa da I-Mab, tendo sido projetado para reduzir a ligação do CD47 aos glóbulos vermelhos normais, preservando, dessa maneira, sua atividade antitumoral.

Ou seja, um atributo fundamental na diferenciação de lemzoparlimabe e outros anticorpos da mesma classe atualmente em desenvolvimento.

Resultados de Fase 1 confirmam possíveis características do perfil de segurança e farmacocinético de lemzoparlimabe, que são mais favoráveis para pacientes com câncer.

Tratamento

O tratamento é bem tolerado como agente único em uma dosagem até 30 mg por quilo sem qualquer dose de ataque.

Em todos pacientes que receberam o medicamento, com escalonamento de dose, não foram observadas necessidade de limitação de doses por toxidade ou efeitos adversos hematológicos graves.

Os dados completos serão apresentados em conferências cientificas ao final deste ano.

“Câncer é a segunda principal causa de morte globalmente e nunca terapias novas e mais precisas contra o câncer foram tão necessárias. Os programas anti CD47 da I- Mab complementam nossa estratégia global em Hematologia e Imuno-Oncologia”, afirmou o sênior vice presidente de Pesquisa & Desenvolvimento e principal executivo científico da AbbVie, o médico Thomas J. Hudson,.

“Estamos impressionados com as conquistas da I-Mab em pesquisa e desenvolvimento clínico e ansiosos por trabalhar juntos para promover uma profunda diferença na vida de milhões de pacientes em todo o mundo.”

“Na vanguarda da inovação, nossa meta, na I-MAB, sempre tem sido descobrir terapias transformadoras.  Esta colaboração reforça a posição de liderança da I-Mab em Imuno-Oncologia e nos permite concretizar todo o potencial de nossa inovação”, afirmou o médico e fundador, presidente honorário e diretor da I-Mab, o médico e Ph.D Jingwu Zang.

Detalhes da colaboração

A colaboração estabelecida hoje fornece à AbbVie uma licença global exclusiva, excluindo a China, para, então, desenvolver e comercializar lemzoparlimabe.

Ambas as empresas irão colaborar para conceber e conduzir mais ensaios clínicos globais para avaliar lemzoparlimabe em vários tumores.

A I-Mab detém todos os direitos de desenvolvimento e comercialização lemzoparlimabe na China continental, Macau e Hong Kong.

A colaboração também permite a colaboração potencial em futuros agentes terapêuticos relacionados ao CD47.

Cada parte terá a oportunidade, sujeita a licenças adicionais, de explorar os programas relacionados em seus respectivos territórios.

As empresas compartilharão as responsabilidades de fabricação, sendo a AbbVie o principal fabricante de fornecimento global.

A colaboração acelerará o estabelecimento de operações de produção comercial da I-Mab na China.

Termos financeiros entre AbbVie e a I-Mab para o pagamento do lemzoparlimabe

De acordo com os termos do acordo, a AbbVie pagará a I-Mab US$180 milhões em um pagamento inicial para licenciamento exclusivo de lemzoparlimabe.

Portanto, junto com US$ 20 milhões em etapas com base nos resultados da Fase 1, chegando a um total de US$ 200 milhões.

Além disso, a I-Mab será elegível para receber até US $ 1,74 bilhão em pagamentos por determinadas conquistas, com base no sucesso para lemzoparlimabe, dos quais US$ 840 milhões são baseados em desenvolvimento clínico e por aprovações regulatórias obtidas.

O restante será baseado em metas comerciais. Após o início de comercialização de lemzoparlimabe, a AbbVie também pagará royalties em porcentagens escalonadas referente a vendas líquidas globais fora da China.

AbbVie compra a biofarmacêutica Mavupharma 

 

Fonte: AbbVie

Fonte: Shuttrestcok

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário