fbpx

Abradilan anuncia que estoques de medicamentos são suficientes

Momento pede cuidado e atenção, mas entidade afirma que há remédio e não vai faltar

Comprometida com as necessidades, medo e angústia da sociedade brasileira diante da
pandemia causada pelo coronavírus, a Associação Brasileira de Distribuição e Logística de Produtos Farmacêuticos (Abradilan) informa que a indústria farmacêutica continua operando normalmente e fabricando medicamentos essenciais para a saúde da população. Dessa forma, os estoques dos distribuidores são suficientes para atender à demanda nos próximos meses, o que não justifica a corrida por armazenamento de remédios nas residências das famílias brasileiras.

A Abradilan está monitorando incessantemente todo o cenário, sobretudo as ações e coordenadas das autoridades públicas, governo brasileiro, Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no combate ao Covid-19 e todas as providências necessárias estão sendo tomadas.

Profissionais que atuam na produção propriamente dita, dentro das fábricas e os do setor de  distribuição, estão empenhados em garantir o abastecimento nessa fase difícil. E o mais importante, seguindo todos os rígidos padrões de qualidade e segurança. Todos estão recebendo acompanhamento diário para que isso aconteça. “O momento pede cautela, mas é de solidariedade e compreensão. Temos certeza de que num futuro breve o cenário será mais positivo e juntos vamos reerguer a economia brasileira”, diz o presidente da Abradilan, Vinícius Andrade.

Fórum virtual Covid-19

Para debater o assunto, ouvir as principais dúvidas e anseios do mercado, a Abradilan e a Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar) se uniram na manhã de ontem (23 de março) em uma videoconferência. De acordo com o presidente da Abradilan, as ações precisam ser avaliadas dia a dia, pois a cada minuto há uma novidade, o que pede revisão constante das decisões. “A farmácia precisa funcionar, consequentemente, a distribuição precisa funcionar, por isso, evitar a contaminação dentro dos nossos Centros de Distribuição (CDs) é a medida mais emergencial. Precisamos blindar o time que está à frente da operação”, afirma Andrade.

De acordo com ele, só devem ter acesso às instalações os responsáveis pela entrega e coleta de produto, que são essenciais para que a logística aconteça. “Todas as pessoas que entrarem nos CDs, externos ou internos,
devem ter a temperatura corporal averiguada, bem como passar por entrevista de possibilidade de risco. Basta uma pessoa contaminada para transmitir para todo o time.”

Áreas administrativa, financeira e televendas estão seguindo regime de home-office e/ou turnos. “É dever do empresariado investir na prevenção para mitigar os riscos de contaminação. Precisamos fornecer notebooks, acesso à internet e ao sistema operacional da empresa, como plano de contingência”, enfatiza Andrade. A demanda aumentou muito nos últimos dias e o lead time de entrega passou a ficar comprometido.

Busca por medicamentos

O executivo comenta que na Itália, produtos como antigripais, xaropes para tosse, antitérmicos e vitaminas
ligadas à imunidade (C e D), tiveram aumento de demanda de cerca de 200%. Produtos para dor, por exemplo, a demanda cai, ou seja, não há aumento de demanda de todas as categorias. Muitos consumidores optam por fazer um estoque, comprando duas caixas de medicamentos, nada muito relevante. “Essa dinâmica tende a acontecer de forma similar aqui no Brasil, provavelmente na terceira semana de isolamento.”

Os impactos na economia e a possibilidade de aumento da taxa de desemprego também foram discutidos.
Todos se mostraram muito preocupados com essas consequências mas entendem, que como empresários, terão um papel relevante na retomada, que virá em algum momento.

E-book Novo Coronavírus Covid 19: Recomendações para distribuidores, associados e farmácias

A Abradilan preparou um e-book exclusivo com recomendações para distribuidores e farmácias com as
principais informações sobre o Covid-19, para que de forma didática e elucidativa possa ajudar a evitar, cada vez mais, casos de transmissão em todo o Brasil!

Foto: Shutterstock

Fonte: Abradilan

Deixe um comentário