Abralog discute sobre logística de radiofármacos

Regulação depende de normas de diversas entidades

A Associação Brasileira de Logística (Abralog) discutiu a “Logística de Radiofármacos” em um evento organizado pelo Comitê de Logística Farmacêutica da entidade, com apoio da Eckert&Ziegler.

De acordo com o presidente da Abralog, Pedro Francisco Moreira, a finalidade do encontro era de divulgar e debater com operadores e usuários como é a logística do setor de radiofármacos, em função da regulamentação definida pelos órgãos de orientação e fiscalização. O transporte de radiofármacos no Brasil precisa atender às exigências de diferentes órgãos reguladores para garantir a segurança dos indivíduos, bens e meio ambiente.

Essa logística é diferenciada, pois deve ser executada de acordo com normas da vigilância sanitária e da proteção radiológica. Além disso, a meia vida desse tipo de item é muito reduzida, demandando alto nível de especialização para a execução do transporte.

Fonte: Assessoria de Imprensa Abralog (AKS Press)
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário