ADJ Diabetes Brasil promove campanha nacional para prevenção da Retinopatia Diabética

A terceira edição do evento virtual será no dia dia 11 de novembro, gratuito, às 19h00

Com o intuito de reverter o índice de 77% das pessoas com diabetes tipo 2 não aderentes ao tratamento e que desenvolvem com mais facilidade uma série de complicações do diabetes, entre elas a retinopatia diabética, a ADJ Diabetes Brasil, em parceria com a Associação Botucatuense de Assistência ao Diabético, realiza no dia 11 de novembro, às 19h, a Campanha de Retinopatia Diabética, que consiste em um evento virtual, ao vivo e gratuito, a partir das 19h.

Uma das principais complicações do mau controle do diabetes, a retinopatia diabética é responsável, então, por 4,8% dos 37 milhões de casos de cegueira devido a doenças oculares.

O que equivale, então, a 1,8 milhão de pessoas em todo o mundo.

No Brasil, a retinopatia afeta exatamente 4 milhões de indivíduos, correspondendo, portanto, de 35% a 40% dos mesmos com o diabetes.

As altas taxas de glicemia degeneram a retina e, com o tempo, a visão pode ser afetada, sendo a principal causa de cegueira.

A retinopatia diabética pode ser de dois tipos:

  1. A não proliferativa, forma inicial da doença que é detectada quando os vasos do fundo do olho estão danificados, causando hemorragia e vazamento de líquido da retina, chamado de Edema Macular Diabético;
  2. Proliferativa, que é diagnosticada quando os vasos da retina ou do nervo óptico não conseguem trazer nutrientes para o fundo do olho e, por consequência, há, portanto, formação de vasos anormais, que causam o sangramento.

Reflexos da pandemia

Na pandemia, a procura por exames e pelo oftalmologista caiu drasticamente.

De acordo com o levantamento do Conselho Brasileiro de Oftalmologista (CBO), publicado no ano passado, mostrou que entre janeiro e maio de 2020, o número de atendimentos caiu 36%, quando comparado com o mesmo período de 2019.

Ou seja, foram realizadas 2,5 milhões de consultas em 2020, contra 3,9 milhões em 2019.

Além de sensibilizar as pessoas sobre os riscos da retinopatia diabética, a campanha também tem como objetivos educar as pessoas para que mudem seus hábitos.

E, com isso, consigam controlar as taxas de glicemia e incentivar a visita ao oftalmologista regularmente, para realizar os exames preventivos de visão.

A iniciativa está aberta para todas as pessoas.

A primeira e a segunda edições foram realizadas em: Foz do Iguaçu, no interior do Paraná; e em Cajazeiras, na Paraíba.

Fonte: ADJ Diabetes Brasil

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário