Ampicilina: o que é, para o que serve e como tomar?

O medicamento é contraindicado para pacientes com histórico de alergia às penicilinas

A ampicilina é um antibiótico, indicado no tratamento de diversas infecções causadas por microorganismos sensíveis a este medicamento.

Seu uso deve ser prescrito por um médico.

Confira como tomar, efeitos colaterais, contraindicações e muito mais.

 O que é a Ampicilina? Para o que serve?

A ampicilina é um princípio ativo, antibiótico, indicado no tratamento de diversas infecções causadas por microorganismos sensíveis a este medicamento. São elas:

  • Infecções localizadas ou sistêmicas (generalizadas).
  • Infecções urinárias.
  • Infecções do trato respiratório, como a pneumonia.
  • Infecções bucais, extrações dentárias infectadas e outras intervenções cirúrgicas. 
  •  Infecções intestinais e da vesícula biliar.

Contudo, seu uso deve ser prescrito e acompanhado por um médico ou cirurgião dentista, que indicará a melhor dosagem, além do tempo ideal do tratamento.

Como funciona?

A ampicilina é um antibiótico derivado das penicilinas, que provoca a morte dos microrganismos sensíveis. Sua ação inicia-se alguns minutos após a administração da dose, mantendo-se adequada por seis horas ou mais.

Como tomar o medicamento?

As cápsulas de ampicilina devem ser ingeridas com um pouco de líquido, cerca de 30 minutos a 1 hora antes das refeições, respeitando a orientação médica, os horários, as doses e a duração do tratamento.

Além disso, o medicamento não deve ser partido, aberto ou mastigado. 

Contraindicações da ampicilina

A ampicilina é contraindicada para pacientes com histórico de alergia às penicilinas – classe de antibióticos onde a ampicilina se enquadra -, bem como alergia aos demais componentes da formulação.

Além disso, a ampicilina também não deve ser utilizada por pacientes sensíveis às cefalosporinas (outra classe de antibióticos) devido à ocorrência de reação alérgica cruzada, e deve ser sempre prescrita por um médico ou cirurgião dentista.

ampicilina-dose-certa

Para o que serve a Ampicilina na gravidez?

De acordo com a bula, este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião dentista.

Além disso, a bula informa que o uso do medicamento deve ser administrado com cautela para mulheres que estão em fase de amamentação.  

Ressaltando que nenhum medicamento deve ser utilizado sem a prescrição médica.

 Qual a diferença entre Ampicilina e Amoxicilina?

Ambas são penicilinas, contudo, a amoxicilina é derivada da ampicilina e apresenta espectro de ação semelhante. Entretanto, por ter melhor absorção oral, atinge concentrações séricas e teciduais maiores.

Quantos dias devo tomar o medicamento?

O uso do medicamento deve seguir a duração, a dose e todas as recomendações feitas pelo médico que o prescreveu.

Interações medicamentosas

Sempre converse com o seu médico sobre outros medicamentos que você já utiliza no dia a dia.

De acordo com a bula, as seguintes substâncias causam interações medicamentosas com a ampicilina:

  • Probenecida: diminui a taxa de eliminação das penicilinas, assim, prolongando e aumentando os seus níveis no sangue. 
  • Alopurinol: a associação parece predispor ao desenvolvimento de lesões na pele.
  • Anticoncepcionais: há casos isolados de irregularidade menstrual, bem como de gravidez não planejada em pacientes em uso de contraceptivos orais associados à ampicilina.

Posso dirigir enquanto uso Ampicilina?

Não há evidências de que a ampicilina diminua a habilidade de dirigir veículos e/ou operar máquinas.

Contudo, em caso de dúvidas, procure orientação do farmacêutico ou de seu médico, ou cirurgião-dentista.

Reações adversas e efeitos colaterais de Ampicilina

A maioria das reações adversas está essencialmente limitada a reações alérgicas, ocorrendo principalmente em pessoas que demonstraram reações prévias de alergia a penicilinas, ou com histórico de alergia, asma, alergia ao pólen ou urticária.

Já entre os efeitos colaterais, os mais comuns são:

  • Vômitos.
  • Diarreia.
  • Erupções cutâneas.
  • Náuseas.

 Caso apresente reações adversas ao uso da ampicilina, consulte imediatamente o seu médico.

 ampicilona-consulta-médica

Conclusão

A ampicilina é um antibiótico derivado das penicilinas, que provoca a morte dos microrganismos sensíveis. Sua ação inicia-se alguns minutos após a administração da dose, mantendo-se adequada por seis horas ou mais.

Seu uso é contraindicado para pacientes com histórico de alergia às penicilinas, bem como alergia aos demais componentes da formulação.

A Ampicilina só é vendida sob prescrição médica, com retenção da receita.

Sempre siga a orientação de seu médico, respeitando os horários, bem como as doses e a duração do tratamento. Além disso, não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

 Confira a bula do medicamento clicando AQUI

 

 Fonte: Guia da Farmácia

Fotos: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário