Anunciada prévia de aumento de medicamentos

Qual o impacto do aumento de preços dos medicamentos?

Recentemente a Associação da Indústria Farmacêutica de Pesquisa (Interfarma) apresentou cálculos preliminares que apontam que os medicamentos terão um reajuste médio nos preços de cerca de 3,4%.

O valor vai de encontro com os projetados pelas indústrias e consultorias participantes da Conferência Febrafar e Abradilan de Líderes do Mercado Farmacêutico, que aconteceu na sede da Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar), em São Paulo, nos dias 15 e 16 de fevereiro de 2017. Na ocasião vários dos participantes afirmaram que o reajuste neste ano ficaria abaixo da inflação.

O aumento não se dá por um índice fixo, mas variando por produto. Sendo que a taxa dos produtos com maior concorrência deve ser de cerca de 1,6%, e, para os mais inovadores, deverá chegar a 5%. Contudo, os números definitivos do aumento devem sair apenas em março.

Essa notícia terá grande impacto para o consumidor, sendo que ele prioriza o preço na hora de adquirir medicamentos. Essa é uma das conclusões da pesquisa Análise do Perfil de Compra dos Consumidores de Medicamentos, realizada pelo Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC). Segundo a pesquisa, 45% dos consumidores trocam os produtos que procuravam por genéricos ou similares de menor preço; a quase totalidade desses clientes buscava economia.

Fonte: Ponto Inicial (assessoria de imprensa da Febrafar)
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário