Anvisa e Janssen discutem autorização para uso emergencial de vacina

Agência diz que laboratório precisa complementar informações

O uso emergencial da vacina do laboratório Jannsen no Brasil foi discutido ontem (16) por representantes da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em Brasília, com representantes da Janssen, uma das empresas que fornecem vacinas ao governo brasileiro.

O Ministério da Saúde (MS) anunciou na última segunda-feira (15) a compra de 38 milhões de doses da farmacêutica.

Apesar da contratação, a vacina da Janssen ainda não teve registro aprovado no Brasil.

No entanto, o intuito da reunião, de acordo com a Anvisa, foi o de discutir e orientar a companhia para a formalização da solicitação de uso em caráter emergencial.

Assim, de acordo com a Anvisa, a Janssen ainda precisa complementar as informações fornecidas para análise pela equipe da agência.

Em nota, a Anvisa informa que ainda falta fechar as informações referentes à cadeia de produção da vacina que virá, então, para o Brasil a caráter de uso emergencial.

E que, pelas informações, não seria a mesma da Europa.

“A cadeia produtiva envolve todas as fábricas envolvidas na produção da vacina, desde o insumo inicial até a vacina pronta para o uso”, explica a nota da Anvisa.

A saber, uma nova reunião deve ser realizada no dia 24 deste mês.

Fonte: Agência Brasil

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário