Após alta hospitalar, 25% dos pacientes intubados por Covid morrem por sequelas

Entre as sequelas mentais, 22% dos pacientes apontam ansiedade , 19% depressão e 11% estresse pós-traumático 

covid sequelas Um estudo brasileiro aponta que 1 em cada 4 pacientes que foram intubados na UTI com Covid-19 e tiveram alta hospitalar morre de consequências da doença.

Entre pacientes que não precisaram de tratamento na UTI, a porcentagem de mortalidade após a alta é de 2%.

O levantamento também repercute que 40% dos pacientes que estiveram na UTI com Covid-19 precisam ser internados novamente para tratar sequelas da doença.

Os resultados foram, assim, divulgados pelo estudo Coalizão, conduzido por hospitais e institutos de pesquisa.

Juntos, acompanham 1.006 pacientes curados, com idade média de 52 anos.

De acordo com os dados do Coalizão, 20% dos pacientes que foram intubados com Covid-19 e se curaram não voltaram a trabalhar seis meses depois da alta hospitalar.

Entre as sequelas mentais, 22% dos pacientes apontam ansiedade , 19% depressão e 11% estresse pós-traumático .

A saber, o estudo foi conduzido por profissionais dos hospitais Albert Einstein, HCor e Sírio-Libanês, Moinhos de Vento, Oswaldo Cruz e Beneficência Portuguesa.

Estudo reconhecido pela OMS avalia efeitos da ‘Covid Longa’ em 1,2 mil pacientes em todo o País 

 

Fonte:  Saúde.Ig

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário