HPC

Arnica gel: ciência e tecnologia da indústria associada a sabedoria popular

Farmacêutica e supervisora de treinamentos do Laboratório Teuto orienta sobre uso correto do gel

Conhecida pelos diversos benefícios para a saúde, a planta arnica é rica em flavonóides e compostos fenólicos que conferem suas propriedades anti-inflamatórias, analgésicas, antimicrobianas, antioxidantes e anticoagulantes. Por isso, ela é utilizada há muitas gerações  na medicina popular para ajudar no tratamento de vários problemas de saúde, como contusões, dores reumáticas, escoriações e dores musculares, por exemplo.

Pela via tópica, a planta é bastante utilizada para atividades anti-inflamatórias com capacidade de impedir ou amenizar os sintomas da inflamação, como a dor e o inchaço, além de hematomas decorrentes de pancadas.

De acordo com a farmacêutica e supervisora de treinamentos do Laboratório Teuto, Magali Tamas, a arnica é muito utilizada em forma de gel por ser de fácil aplicação e agradável. “O produto ficou bastante popular em forma de gel e serve para massagear áreas contundidas causando ação refrescante, suavizante e relaxante na área, promovendo alívio imediato através da massagem circular local”, comenta.

Arnica gel

Magali reforça sobre os benefícios da ação para com o organismo. “Além das propriedades já conhecidas da arnica no alívio de dores e hematomas, o gel hidrata a pele devido à presença do extrato da castanha do pará e estimula a circulação local de duas formas: através da ação do extrato da castanha da índia e da massagem circular recomendada na aplicação do gel”, cita a farmacêutica.

“O Arnica Gel associa este efeito benéfico na circulação sanguínea com as propriedades anticoagulantes e antioxidantes da arnica fazem do gel um aliado no combate de celulites, flacidez e gordura localizada, além de aliviar aquele cansaço nas pernas tão comum no final de um dia de trabalho”, complementa a supervisora de treinamentos.

Mesmo com os benefícios, Magali alerta para os cuidados com o uso do gel em excesso. “Nenhum produto é totalmente isento de riscos, mesmo sendo hipoalergênico e dermatologicamente testado, como o Arnica Gel, sempre existe a possibilidade de aparecimento de reações de hipersensibilidade. Neste caso, deve-se interromper o uso do produto e procurar um médico especialista. Não é recomendado também a aplicação do gel em crianças com menos de 7 anos, gestantes e mulheres que estejam amamentando e não utilizar sobre a pele irritada ou lesionada”, adianta a profissional.

Magali chama a atenção para a importância do cuidado com o organismo também. “Além do uso do gel, é fundamental manter o corpo bem hidratado, alimentação balanceada, a prática de alongamento e fortalecimento muscular, que são medidas simples para manter a saúde e melhorar o equilíbrio do corpo evitando quedas”, finaliza.

Foto: Shutterstock

Fonte: Teuto

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário