Aspen Pharma Brasil anuncia aquisição de Magnésia Bisurada

Com a aquisição de Magnésia Bisurda, a farmacêutica Aspen Pharma será um dos principais players do mercado no segmento de antiácidos sem prescrição médica

A filial brasileira da sul-africana Aspen Pharma, anuncia a aquisição do antiácido Magnésia Bisurada da Pfizer, indicado para o alívio dos sintomas como azia, queimação e dor de estômago. A aquisição reforça o portfólio de Medicamentos Isentos de Prescrição (MIP) da companhia. O CEO Alexandre França destaca que a Magnésia Bisurada irá receber fortes investimentos. “Trata-se da primeira negociação realizada com recursos exclusivos da filial brasileira. Em 2019 completamos dez anos de atuação no País, e continuamos investindo e acreditando no Brasil, crescendo com portfólio orgânico e aquisições”, destaca França.

Com um plano focado em compra de produtos tradicionais em especialidades estratégicas, a farmacêutica finalizou o último ano fiscal (2018/2019) com crescimento de 48%. Assim, totalizando R$ 375,3 milhões, considerado o melhor resultado do ano entre as 11 filiais do grupo no mundo. Além disso, de 2015 a 2019 a Aspen Pharma Brasil mais que dobrou de tamanho, com crescimento de 118%.

Em janeiro deste ano, França recebeu na sede da multinacional na África do Sul o prêmio de executivo do ano, que veio para solidificar todos os resultados conquistados na última década.

A estimativa é que a venda da Magnésia Bisurada pela Aspen Pharma inicie a partir de outubro no Brasil. A indústria farmacêutica já possui o Leite de Magnésia de Phillips em seu portfólio, e incluiu também o Magnésia de Phillips Tabs, suplemento mineral, a base de hidróxido de magnésio e carbonato de cálcio. Além disso, a farmacêutica oferece ao mercado brasileiro medicamentos anestésicos, fitoterápicos, de prescrição, MIPs, cardiometabólicos e biotecnológicos.

Produtos da Aspen Pharma Brasil

Atualmente seus produtos estão presentes em mais de três mil hospitais espalhados por todo o País. Integram o portfólio da companhia diversos medicamentos de referência no mercado, como: Alcachofra, Diprivan, Calman, Omcilon-A Orabase, Kwell, Zyloric, Suplan, entre outros.

Entre o planejamento estratégico para os próximos cinco anos está o investimento de quase R$ 50 milhões na fábrica no Espírito Santo. A maior parte desse aporte será destinado para a área de anestésicos. Assim, visando o mercado nacional a curto prazo e a exportação para países da América do Sul em um segundo momento.

Foto: Aspen Pharma
Fonte: Aspen Pharma

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário