AstraZeneca retoma área de cuidado para doenças respiratórias em bebês

Durante os últimos sete anos, o palivizumabe era comercializado pela AbbVie

A fim de reforçar seu portifólio de medicamentos para doenças respiratórias e imunológicas, a AstraZeneca anuncia a retomada de seu portfólio com foco na prevenção de infecções do trato respiratório inferior, causadas pelo vírus sincicial respiratório (VSR), em bebês.

Os direitos comerciais do palivizumabe foram revertidos para a biofarmacêutica em mais de 70 mercados (incluindo o Brasil), com exceção dos Estados Unidos.

A saber, durante os últimos sete anos, o produto, apesar de fabricado pela empresa anglo-sueca, era comercializado pela AbbVie.

O acordo entre as empresas se encerrou em 30 junho de 2021.

E, em julho deste ano, ocorreu, então, a conclusão do processo de retomada da distribuição por parte da AstraZeneca.

De acordo com o  presidente da AstraZeneca Brasil, Carlos Sánchez-Luis, “a pandemia da Covid-19 reforçou que a prevenção e os cuidados de proteção são essenciais quando falamos sobre a saúde da população. Por isso,  revigoramos nossa tradição de mais de 50 anos em cuidados respiratórios, promovendo o cuidado para doenças respiratórias em bebês”.

Fonte: AstraZeneca

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário