fbpx

Balanço 2018: País registra 33 medicamentos com novas substâncias

Também foram concedidos 24 registros de genéricos inéditos e quatro biossimilares

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou, em 2018, 827 medicamentos, produtos biológicos e insumos farmacêuticos ativos. Destes, 33 continham uma nova substância ativa que foi, pela primeira vez, autorizada no Brasil. Entre eles estão medicamentos destinados a crianças e ao tratamento de doenças raras.

Também foram concedidos 24 registros de genéricos inéditos, além de quatro registros de produtos biossimilares, tornando esses produtos mais acessíveis devido à redução dos custos. Biossimilares são produtos biológicos produzidos a partir de um organismo vivo. Estes e outros dados estão no infográfico divulgado pela Anvisa com os destaques de 2018.

Quando um medicamento é colocado no mercado, a Anvisa monitora, continuamente, a qualidade e a relação entre benefício e risco do medicamento nas condições de utilização autorizadas. O objetivo deste monitoramento é garantir o acesso a medicamentos com segurança e eficácia adequadas ao uso.

Aprovada nova opção de tratamento para o câncer

 

 

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.

Deixe um comentário