Balanço 2018: País registra 33 medicamentos com novas substâncias

Também foram concedidos 24 registros de genéricos inéditos e quatro biossimilares

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) registrou, em 2018, 827 medicamentos, produtos biológicos e insumos farmacêuticos ativos. Destes, 33 continham uma nova substância ativa que foi, pela primeira vez, autorizada no Brasil. Entre eles estão medicamentos destinados a crianças e ao tratamento de doenças raras.

Também foram concedidos 24 registros de genéricos inéditos, além de quatro registros de produtos biossimilares, tornando esses produtos mais acessíveis devido à redução dos custos. Biossimilares são produtos biológicos produzidos a partir de um organismo vivo. Estes e outros dados estão no infográfico divulgado pela Anvisa com os destaques de 2018.

Quando um medicamento é colocado no mercado, a Anvisa monitora, continuamente, a qualidade e a relação entre benefício e risco do medicamento nas condições de utilização autorizadas. O objetivo deste monitoramento é garantir o acesso a medicamentos com segurança e eficácia adequadas ao uso.

Aprovada nova opção de tratamento para o câncer

 

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário