Bayer lança programa global para combater a desnutrição e ajudar 50 milhões de pessoas, até 2030

"The Nutrient Gap Initiative" vai ampliar o acesso a nutrientes e minerais em diversos países

A Bayer desenvolveu seu novo programa global de sustentabilidade: The Nutrient GAP Initiative, que busca combater a desnutrição ampliando o acesso a vitaminas e minerais essenciais, que transformam vidas e beneficiam a saúde.
Já que, desde o início da pandemia, populações de diversos países têm enfrentado desafios de diferentes graus, com um impacto mais profundo para as que vivem em comunidades carentes e de baixa renda.
O programa tem a meta de beneficiar 50 milhões de pessoas em comunidades carentes até 2030.
Por meio, então, de parcerias com ONGs e Sociedades Médicas que tenham programas focados em educação, intervenção e defesa de direitos.
Ele está alinhado à visão da companhia de “Saúde para Todos, Fome para Ninguém”, bem como a um dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (que foram feitos para assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos).

Sustentabilidade

Trata-se, portanto, da primeira iniciativa desenvolvida pela divisão de Consumer Health da Bayer pensando em seu compromisso global de sustentabilidade.

Que consiste, então, em possibilitar, até 2030, o acesso aos cuidados diários com a sáude a 100 milhões de pessoas carentes.

“Depois de um ano em que tantas pessoas tiveram seu acesso à saúde e a outras necessidades básicas ameaçadas, esse novo programa da Bayer representa uma nova possibilidade àqueles que mais precisam, reforçando o que tanto defendemos na companhia. Queremos tornar mais acessíveis para todo mundo o conhecimento, bem como os produtos para o cuidado com a saúde e para uma melhor nutrição”, comenta o presidente da divisão de Consumer Health da Bayer no Brasil, Sydney Rebello.

Países beneficiados pelo programa da Bayer 

Até o momento, a Bayer ajudou pessoas em mais de 25 países a ter um futuro melhor.
Dentre eles, estão: Brasil, Guatemala, Honduras, Estados Unidos, Quênia, China e Indonésia.
Os trabalhos em cada um deles se inicia com foco em gestantes e bebês,.
Visto que é um dos grupos mais vulneráveis e precisa de ainda mais apoio devido ao impacto da pandemia do Covid-19.
Cada país selecionou cuidadosamente suas instituições parceiras.

No Brasil, a Bayer vai realizar um aporte para a Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), organizando e divulgando conhecimento em ginecologia e obstetrícia, com o objetivo de qualificar a atenção à saúde da mulher.

Promovendo a importância da nutrição materna no Brasil

Estima-se que todos os anos, no Brasil, 3 milhões de mulheres tornem-se gestantes.

São mulheres com diferentes níveis de acesso à educação e a informações sobre a importância da nutrição adequada em cada fase da gestação.

O que engloba, dessa maneira, desde alimentação saudável e de qualidade, até a suplementação adequada ao longo de todo o período.

Não é de conhecimento geral da população, por exemplo, que durante a gravidez a necessidade de ingestão diária de diferentes nutrientes aumenta ao longo dos trimestres.

E que os nutrientes são diferentes para uma mulher que planeja engravidar, que está grávida ou que está amamentando.

Bayer e Febrasgo

Por essa razão, através da parceria com a Bayer, a Febrasgo promoverá diversas iniciativas de conscientização e educação da população.
Em especial, então, de mulheres que vivem em comunidades carentes.
O principal tópico será a importância da nutrição materna adequada nos primeiros 1.100 dias.
Período, então, que representa os três meses da concepção, nove meses da gestação e os dois primeiros anos de vida do bebê

As ações educacionais incluem o desenvolvimento de uma cartilha educativa sobre os nutrientes mais importantes e o seu papel ao longo das diferentes fases.

O qual será, então, distribuído gratuitamente a pacientes de hospitais de diferentes regiões do país; a produção de um e-book de receitas com opções simples e nutritivas, que será disponibilizado gratuitamente na plataforma de relacionamento da Febrasgo.

Além de um curso sobre gravidez e aplicação da maternidade, que também será disponibilizado na plataforma de forma gratuita. A estimativa é que as iniciativas impactem cerca de 2 milhões de mulheres em todo o Brasil .

Fonte: Bayer
Foto: Shutterstock
Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário