Brasil chega ao mesmo patamar de casos de dengue do ano passado em 4 meses

Foram 542 mil casos até o final de abril, contra 544 mil no ano passado, um aumento de 113% se comparado com o primeiro quadrimestre de 2021

De acordo com dados do Ministério da Saúde (MS) apontam que o Brasil já registrou quase o mesmo número de casos de dengue em 2022 que no ano passado inteiro.

Então, foram 542 mil casos até o final de abril, contra 544 mil no ano passado, um aumento de 113% se comparado com o primeiro quadrimestre de 2021.

A região com maior número de casos proporcionais foi o Centro-Oeste, com mais de 920 casos a cada 100 mil habitantes.

As capitais registraram os maiores índices, sendo Goiânia, Brasília e Palmas, respectivamente, as cidades do país com mais casos. 

Já cidades do estado de São Paulo vêm logo atrás, sendo São José do Rio Preto e Votuporanga as de maiores concentrações.

Votuporanga, inclusive, decretou epidemia de dengue no mês passado.

Em termos absolutos, o estado de São Paulo lidera as incidências, sendo os números oficiais superiores a 126 mil, o que pode, então, ser explicado também pelo alto número de habitantes.

Como prevenir

A dengue é uma doença que causa febre aguda, causada por vírus que é transmitido pelo mosquito Aedes aegypti.

A transmissão da dengue se dá quando o Aedes aegypti pica uma pessoa doente e, em seguida, morde outra vítima.

A principal recomendação para evitar a proliferação da doença é de não deixar água parada.

Em pratos de vasos de plantas, recomenda-se colocar areia, para evitar que ali se junte água.

Reservatórios como caixas de água e piscinas devem estar tampados e cobertos. 

Ainda não há vacina disponibilizada para toda a população que evite casos graves da doença, mas o Instituto Butantan está realizando estudos para a criação do imunizante.

Os dados, até o momento, são, portanto, promissores.

Confira 6 dicas para se manter hidratado em casos de dengue 

Fonte: UOL

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário