Destaques & lançamentos

Brasil recebe primeiro lote com 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen

A quantidade recebida hoje é uma antecipação do contrato do Ministério da Saúde com a Janssen, que envolve a compra de 38 milhões de doses

O Brasil recebeu hoje 1,5 milhão de doses da vacina da Janssen. O imunizante da Janssen será o primeiro a ser utilizado no Brasil que precisa de apenas uma dose.

As outras três vacinas já em utilização no país precisam de duas doses, com seus respectivos intervalos para completar o esquema vacinal.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que são “mais 1,5 milhão de doses de esperança para o povo brasileiro”. Essa vacina tem uma vantagem de ser dose única. E, com isso, conseguimos, então, avançar no nosso programa de imunização.”

A chegada das doses da Janssen acontece no momento em que cidades têm registrado falta de imunizantes.

Maior cidade do país, São Paulo interrompeu hoje a vacinação contra a Covid-19.

Primeiro lote da Janssen é a metade do previsto

O lote é metade do que estava previsto para chegar na semana passada.

O Ministério da Saúde (MS) chegou a anunciar que 3 milhões de doses seriam enviadas ao Brasil na semana passada.

Ontem (22) ,em audiência no Senado, o ministro não explicou por que a previsão inicial não se concretizou.

“Inicialmente, negociamos com a Janssen, e eles iriam nos antecipar, na semana passada, 3 milhões de doses. Lamentavelmente, não foi possível a chegada desses 3 milhões de doses.”

A saber, a quantidade recebida hoje é, portanto, uma antecipação do contrato do ministério com a Janssen, que envolve a compra de 38 milhões de doses.

Inicialmente, a entrega de todas estava prevista para o último trimestre, a partir de outubro. 

No pronunciamento, contudo, o ministro indicou que a antecipação e a chegada de mais um imunizante mostram, então, um “acerto da política do Ministério da Saúde”.

Queiroga também reafirmou que, com “certeza”, todos os adultos receberão até setembro ao menos uma dose. “É a esperança de pôr fim ao caráter pandêmico dessa doença.”

Validade estendida

O ministério pontua que o imunizante teve sua validade estendida, passando de três para quatro meses e meio.

Dessa maneira, com isso, as doses recebidas hoje poderão, então, ser utilizadas até 8 de agosto.

A validade original era até 27 de junho.

Em informe encaminhado aos gestores estaduais do programa de imunização em 9 de junho, o ministério pontuou que, após aberto, cada frasco —com cinco doses cada— deve ser utilizado, então, em até seis horas.

Então, até ontem, o Brasil já havia imunizado 11,5% da população do país.

Fonte: UOL

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário