fbpx
PDV

Brasileiros utilizam sete canais de compras diferentes nas suas missões

Segundo estudo da Kantar Worldpanel, população está cada vez mais racional na jornada

A dinâmica dos shoppers brasileiros tem sofrido alterações no decorrer dos anos, afinal, no ano passado, os consumidores utilizaram sete canais de compras diferentes na jornada, segundo dados da Kantar Worldpanel, que analisaram os 12 meses terminados em outubro de 2018. Entre os canais de compras utilizados, estavam os os supermercado e atacarejo, para abastecimento; supermercado, hipermercado e varejo tradicional, para reposição; e farmácia e mercados menores, para aquela necessidade que tem de ser atendida nas proximidades do lar.

Ainda de acordo com a Kantar, além da inclusão de dois novos formatos de canais frequentados por ano, o abastecimento registrou aumento. “A multiplicidade de canais utilizada atualmente demonstra que o brasileiro está cada vez mais bem informado e em busca de satisfazer suas necessidades de compra de maneira mais racional”, aponta a diretora de varejo Latam da Kantar Worldpanel, Lenita Vargas Mattar.

No período analisado, as compras de abastecimento, ou seja, aquelas compras para encher a despensa, representaram 51,1% de todo o valor empregado pelos consumidores nas compras de bens de consumo massivo. Em 2017, elas representavam 49,8%. As compras de proximidade se mantiveram estáveis e as do tipo reposição perderam sua importância em valor, de 32,2% em 2017, para 30,7% agora. E o canal que mais se destaca nesta movimentação é o atacarejo.

Produtos escolhidos nos canais de compra

Nas compras de abastecimento (supermercados e atacarejo), com tíquete médio de R$ 146,28, as categorias que apresentam maior penetração são as de massa tradicional sabonete, papel higiênico, detergente em pó, creme dental, óleo de soja, detergente líquido, margarina, café torrado e leite UHT, com as regiões Norte + Nordeste, Sul e Leste + Interior do Rio de Janeiro se destacando em unidades. Quando analisadas as compras de reposição, cujo tíquete médio é de R$ 49,72, açúcar, detergente em pó, massa tradicional, leite UHT, café torrado, papel higiênico, margarina, óleo de soja, creme dental e iogurte se destacam em penetração, com regiões Norte + Nordeste, Grande São Paulo e Sul adquirindo mais unidades.

Destacando-se na Grande São Paulo, Leste + interior do Rio de Janeiro e interior de São Paulo, as compras de proximidade, com tíquete médio de R$ 39,13, teve como principais categorias linguiças, salgadinhos, café torrado, açúcar, iogurte, pão industrializado, suco em pó, pós-xampu, detergente em pó e massa tradicional.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Pesquisa: canal farma entre os preferidos para compra de cosméticos

 

Sobre o autor

Guia da Farmácia

Premiado pela Anatec na categoria de mídia segmentada do ano, o Guia da Farmácia é hoje a publicação mais conhecida e lembrada pelos profissionais do varejo farmacêutico. Seu conteúdo diferenciado traz informações sobre os principais assuntos, produtos, empresas, tendências e eventos que permeiam o setor, além de Suplementos Especiais temáticos e da Lista de Preços mais completa do mercado.

Deixe um comentário