Brasileiros vêem programa de fidelização com bons olhos

Farmácia é um dos principais varejos buscados

Para saber se a população brasileira é engajada a programas de fidelidade, o Instituto Febrafar de Pesquisa e Educação Continuada (IFEPEC) realizou a pesquisa Opinião dos Consumidores sobre Programas de Fidelidade. Do total de entrevistados, 68% disseram ainda não participar de nenhum programa.

O desejo por participar de ações de fidelização é demonstrado no levantamento, sendo que 92% gostariam ou gostam de participar e 84% acreditam que os programas de fidelidade oferecem grandes vantagens. A pesquisa apontou, ainda, que 84% dos consumidores que aderiram a programas compram frequentemente nas empresas onde são cadastrados.

Mais da metade (56%) dos entrevistados disse que tem interesse prioritário por programas ligados a farmácias, ficando atrás somente de supermercados (67%). Na sequência, ficaram os grandes magazines (23%), restaurantes (17%) e as companhias aéreas (15%).

“É interessante observar como os programas de fidelidade, que antes eram relacionados a produtos de um poder aquisitivo maior, agora encontram aceitação de um público mais amplo, tendo grande relevância em estabelecimentos que até então não se preocupavam com esse tipo de ação, como supermercados e farmácias. Reflexo é que observamos um crescimento muito grande no oferecimento desse tipo de ação de fidelização e quem ganha é o consumidor que usufrui de benefícios”, afirma o professor do IFEPEC, Rodnei Domingues.

O estudo também apontou a existência de basicamente cinco tipos de programas de fidelidades, são eles:

  • Programas de coalisão, administradores de variadas plataformas baseadas em pontos obtidos nas compras em rede credenciada.
  • Programas de fidelidade baseado em descontos diretos.
  • Programas de fidelidade baseado em gratificação surpresa e bonificação de produtos/serviços.
  • Programa de fidelidade baseado em grupos de alto potencial de consumo dos produtos ou serviços.
  • Programa de fidelidade baseado em benefícios diversos ou dinheiro de volta.

Fonte: Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar)
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário