Butantan retoma entregas e libera 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde após quase um mês

Última entrega ocorreu no dia 14 de maio. Instituto chegou a paralisar produção por falta de insumo

O Instituto Butantan liberou mais 800 mil doses da CoronaVac ao Ministério da Saúde (MS) na manhã desta sexta-feira (11).

Com o novo lote, o Instituto totaliza 48 milhões de doses enviadas ao Programa Nacional de Imunização (PNI) desde o início do ano.

De acordo com o governador João Doria, uma nova remessa deve, então, ser liberada na próxima segunda-feira (14).

“Vamos, então, seguindo na produção de doses ao longo dos próximos dias, e estaremos fazendo uma entrega adicional de 5 milhões de doses, começando com essas 800 mil que estão sendo embarcadas agora para o Ministério da Saúde”, afirmou Doria.

Durante coletiva de imprensa na sede do Instituto, o governador manteve, então, a previsão de concluir a entrega das 100 milhões de doses até o final de setembro.

“O Instituto Butantan, aqui representado pelo Dimas Covas, seu presidente, confirma que até o final do mês de setembro nós concluiremos o nosso projeto, o contrato de entregar 100 milhões de doses da vacina do Butantan para o Ministério da Saúde”, disse.

Retomada da produção e entregas de mais doses da CoronaVac

Esta é a primeira remessa a ser enviada ao governo federal após retomada da produção da vacina, que chegou, portanto, a ser paralisada em maio por conta da falta de matéria-prima.

A última foi feita há quase um mês, no dia 14 de maio.

No final do mês passado, o Butantan voltou a receber o insumo e conseguiu retomar o envase do imunizante.

Na semana passada, em coletiva de imprensa, Doria disse que o instituto vai receber 6 mil litros de Insumo Farmacêutico Ativo (IFA).

Portanto, o suficiente para produção de 10 milhões de doses da vacina do Butantan, no dia 28 de junho.

A saber, a matéria-prima, enviada pela biofarmacêutica Sinovac, passa pelos processos de envase, rotulagem, embalagem.

E também de controle de qualidade para que a vacina seja entregue ao PNI.

OMS aprova uso emergencial da CoronaVac

Fonte: G1

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário