fbpx

Campanha da gripe: como tomar a vacina em tempos de coronavírus

A vacinação da gripe começa hoje (23/03) e é importante na pandemia de coronavírus. Saiba como tomar a dose com segurança, especialmente se for idoso

A campanha nacional de vacinação contra a gripe começa hoje (23/03)e vai até o dia 16 de abril, ela estará focada apenas em idosos e profissionais de saúde. A questão é: como receber a vacina contra o influenza sem se submeter a riscos desnecessários de infecção pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2), que já circula pelo nosso País?

Antes de tudo, é importante deixar claro que, durante uma pandemia de uma infecção respiratória, é especialmente importante que o público-alvo da campanha contra a gripe busque a sua dose. E não porque ela imunize contra o novo coronavírus. Na verdade, ao proteger a população do influenza, menos gente necessita de hospitalização, o que ajuda o sistema de saúde a reservar esforços para o Sars-Cov-2.

A importância da vacinação

A vacinação também facilita a diferenciação entre a gripe e a Covid-19, a doença desencadeada pelo coronavírus. Ora, se o sujeito recebeu a dose, porém apresenta sintomas como tosse e falta de ar, provavelmente não é o vírus influenza que os está causando.

A injeção ainda minimiza o risco de coinfecção — quando a gripe e o coronavírus atacam juntos uma mesma pessoa —, o que aumenta o risco de complicações e morte. Todos esses recados valem especialmente para os idosos e portadores de doenças crônicas, grupos que tendem a sofrer mais com a enfermidade do momento.

Deixe um comentário