Campanha nas farmácias estimula cuidados contra a hipertensão

O estimulo a cuidados contra a hipertensão faz parte da Campanha de Saúde 2019. A doença já atinge cerca de 25% da população brasileira

De acordo com o Sistema de Informação sobre Mortalidade do Ministério da Saúde, 388 pessoas morrem diariamente em decorrência da hipertensão ou de causas relacionadas à doença, que é diagnosticada em 24,7% da população. Mas entre os que têm menos de 70 anos, essa realidade poderia ser evitada em 37% dos casos.

Na tentativa de reverter esse cenário, farmácias de todo o País vêm reforçando a oferta de serviços clínicos como o de medição da pressão arterial. Dessa forma, como parte dessa preocupação, promoverão avaliações gratuitas entre os dias 23 e 27 de setembro. Mais de mil estabelecimentos deverão participar da campanha contra a hipertensão, encabeçada pela Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma) em alusão ao Dia do Coração, que acontece no dia 29.

As campanhas de saúde integram o programa de Assistência Farmacêutica Avançada, que está promovendo uma transformação nas redes brasileiras. Os serviços clínicos nas drogarias são legitimados pela Lei Federal n° 13.021/2014 e regulamentados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Atualmente, quase três mil farmácias em 350 municípios, disponibilizam atendimentos clínicos com agendamento prévio e custo acessível.

Para os próximos meses, estão previstas ações sobre revisão de medicação, diabetes e uma campanha de prevenção de câncer de pele, que passou a integrar a programação de 2019.

O conteúdo completo da campanha contra hipertensão e das campanhas de saúde estão disponíveis no link: https://scritta.com.br/wp-content/uploads/2019/02/calendario_campanhas_de_saude_2019.jpg

Leia também: Hipertensão atinge uma parcela da população brasileira

Foto: Shutterstock
Fonte: Abrafarma

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário