fbpx

Catarinense Pharma lança novo medicamento à base de Passiflora incarnata

Passiflora incarnata é o nome científico do Maracujá, planta medicinal tradicionalmente conhecida no Brasil por suas propriedades calmantes e promotoras do sono

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 3% da população necessita utilizar medicamentos contínuos para transtornos mentais severos e mais 9%necessitam eventualmente  de atendimento nos transtornos menos graves.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a ansiedade pode ser considerada a principal doença diagnosticada. Assim, ocupando o quarto lugar entre os maiores problemas de saúde do Ocidente e a segunda causa de invalidez. Ainda de acordo a OMS, o Brasil tem o maior número de pessoas ansiosas no mundo: 18,6 milhões de brasileiros (9,3% da população) convivem com o transtorno. Em reforço aos pontos anteriores, é possível citar também que o Google relata que dentre os 10 principais sintomas pesquisados na rede de busca, a palavra ansiedade aparece na 5° posição, o que reforça o desejo dos pacientes em saber mais sobre o problema e buscar alternativas de tratamento.

A saúde mental é cada vez mais reconhecida como uma prioridade global de saúde e desenvolvimento econômico. Por exemplo, o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável 3 se refere explicitamente ao compromisso de alcançar uma cobertura universal de saúde que inclua “saúde mental e bem-estar”.

A ansiedade é diferenciada em dois conceitos, ansiedade-estado (A-estado) e ansiedade-traço (A-traço).A ansiedade-estado é uma condição/estado transitório do organismo humano. A ansiedade-traço refere-se a diferenças individuais, na tendência em reagir a situações percebidas como ameaçadoras, apresentando elevação no estado de ansiedade.

A ansiedade e a saúde mental

A ansiedade é considerada como um estado emocional transitório ou condição do  organismo  humano. Assim,  caracterizando-se por sentimentos desagradáveis e por aumento na atividade do sistema nervoso autônomo. O indivíduo com  transtorno  de  ansiedade  tem  sentimentos  vagos  de medo, apreensão, caracterizado por desconforto ou tensão por ter-se uma antecipação de perigo, de algo desconhecido ou estranho. O transtorno de ansiedade relaciona-se com  componentes  psicológicos e fisiológicos do desenvolvimento humano, podendo tornar-se    patológica quando acontece sucessivamente e em situações que não são consideradas realmente ameaçadoras. A ansiedade afeta  a  qualidade  de  vida  e  a  produtividade,  podendo  atrapalhar  o desenvolvimento pessoal e social.

Passiflora incarnata da Catarinense

Espécies de Passiflora (“Maracujá”)  são com frequência reportadas como possuidoras de atividade sedativa, calmante, ou ainda por outras atividades sobre o sistema nervoso central. O nome maracujá de origem indígena, é empregado exclusivamente para designar as espécies do gênero Passiflora, da família Passifloracea, à maioria das quais é nativa da América do Sul.  Muitas espécies são de uso medicinal popular, como sedativas e hipnóticas, além de serem também preconizadas contra o nervosismo, ansiedade e insônia.

No caso de transtornos de ansiedade, o indivíduo passa a ter pensamentos ansiosos que persistem por todo o dia, associado a aflição, angústia, perturbação do espírito causada pela incerteza e relação com qualquer contexto de perigo. A Passiflora tem grande utilização no tratamento da ansiedade, por apresentar ação ansiolítica, agindo como depressor inespecífico do sistema nervoso central. Pode-se encontrar como constituintes da Passiflora alcaloides, flavonoides, glicosídeos cianogênicos, fração de esteroides e saponinas.

O sono e o comportamento emocional

Alguns estudos apontam para uma interação entre o sono e o comportamento emocional e, mais precisamente, entre o sono e a ansiedade. É provável que todos os seres humanos tenham experimentado ansiedade em algum momento. Dados demonstram que a ansiedade tem aumentado expressivamente na população e por isso alguns autores têm chamado o século XXI de “A Era da Ansiedade”.

Quando analisamos os dados do mercado farmacêutico brasileiro, fornecidos pela auditoria Close-Up, é possível verificar que o consumo anual de produtos com ação no Sistema Nervoso Central (SNC) é de mais de 100 milhões de unidades e cresce a uma taxa constante (CAGR) de 7% ao ano. Ao olharmos especificamente o mercado de ansiolíticos (Classe N05B5) vemos um crescimento de 9% entre os anos de 2018 e 2019. Já o mercado de produtos compostos exclusivamente pela planta Passiflora incarnata (Maracujá) cresce a números ainda maiores, sua taxa de crescimento constante é de 11%, sendo que nos últimos 12 meses esta fatia de mercado cresceu 26%. Com este crescimento os produtos à base de Passiflora incarnata alcançaram 53% de marketshare dentro da sua categoria. Desse modo, tornando-se a 3º substância de ação no SNC mais consumida no Brasil.

Características do produto

O novo Fitocalm do Catarinense Pharma é um medicamento registrado na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como Produto Tradicional Fitoterápico. O produto será vendido em uma embalagem contendo 20 comprimidos revestidos – 2 blísteres com 10 comprimidos cada. Cada comprimido revestido do Fitocalm contém 300 mg de um extrato seco das partes aéreas da planta Passiflora incarnata, padronizado em 15 mg de flavonoides totais calculados como vitexina.

Quanto à indicação, o novo medicamento do Catarinense Pharma pode ser utilizado para o tratamento da ansiedade leve, como estados de irritabilidade, agitação nervosa, tratamento de insônia e desordens da ansiedade. Haja visto, que o produto atua no sistema nervoso central, produzindo um efeito sedativo e prolongando o período de sono.

O Fitocalm é um medicamento que irá atender as necessidades de tratamento de indivíduos adultos e também a crianças acima de 12 anos de idade.  No que se refere a forma de consumo, é recomendada a ingestão de 1 a 2 comprimidos revestidos de 8 em 8 horas. Assim, totalizando uma dose diária de 45 a 90 mg de flavonoides totais calculados como vitexina. É importante destacar, que o produto não deve ser utilizado junto a bebidas alcoólicas ou associado a outros medicamentos com efeito sedativo, hipnótico e anti-histamínico.

Lançado este mês, o produto irá compor o portfólio de produtos fitoterápicos do Catarinense Pharma que conta com grandes marcas, como o xarope Melagrião® e o digestivo Figatil®.

Fitocalm®M.S. 1.0066.3397.007-1

Catarinense Pharma visa crescimento em fitoterápicos e fórmulas naturais
Foto e fonte: Catarinense Pharma

Não se automedique, consulte um profissional de saúde.

Deixe um comentário