fbpx

Como a hidratação pode ajudar na recuperação de uma doença causada por vírus?

Segundo nutricionista, não beber líquidos suficiente dificulta a regulação da temperatura corporal e retarda o processo de cura

A febre, bem como tosse, falta de ar, vômitos e diarreia, é um dos sintomas mais comuns que indicam que seu corpo está adoecendo, muitas vezes, por conta da gripe ou por algum outro tipo de vírus, sendo a desidratação um dos primeiros sinais de alerta. Se você não estiver ingerindo líquidos suficientes, seu corpo poderá ter dificuldade para regular sua temperatura e mesmo pequenas perdas de fluidos podem contribuir para o aumento da temperatura corporal.

De acordo com a nutricionista Patrícia Ruffo, Gerente Científico da Divisão Nutricional da Abbott no Brasil, manter-se hidratado é essencial na recuperação de uma infecção causada por vírus ou bactéria. Isso porque a desidratação afeta todo o funcionamento do corpo. “À medida que a desidratação aumenta, seu sangue se torna mais concentrado, o que pode afetar vários órgãos internos. Isso significa que seus rins repentinamente precisam trabalhar mais para manter a água no corpo e seu coração passa a ter um esforço adicional para manter a pressão arterial equilibrada”, explica.

A importância da hidratação na recuperação de um vírus

A reidratação adequada durante a recuperação de uma doença é fundamental, mas é relevante saber que nem todas as soluções de reidratação são desenvolvidas da mesma forma. Ingredientes-chave como eletrólitos (sódio, cloreto e potássio) e glicose podem afetar sua capacidade de reidratar se não estiverem adequadamente equilibrados.

“É importante obter o equilíbrio certo de eletrólitos, glicose e sódio para garantir a melhor reidratação possível. Embora sucos e bebidas esportivas possam parecer boas escolhas quando você estiver doente, o alto teor de açúcar pode piorar problemas estomacais, como náusea e diarreia. Opte por soluções que ajudam o corpo a manter tanto o equilíbrio de fluidos como as células funcionando corretamente. Pedialyte possui uma proporção ideal de eletrólitos importantes e açúcar suficiente para ajudar as células a trazer água de maneira mais eficaz, substituindo o que é perdido durante a doença”.

A hidratação adequada ainda pode ajudar a pele e as células da membrana mucosa a agir como uma barreira para impedir a entrada de bactérias no corpo, além de diminuir a irritação nasal ao tossir, espirrar e até mesmo respirar.

Foto: Shutterstock

Fonte: Abbott

Deixe um comentário