Como calibrar seu monitor de pressão arterial?

A calibração do monitor de pressão é um cuidado muito importante para manter a qualidade e a precisão do equipamento e, assim, garantir que os números obtidos no visor correspondam à realidade

A calibração do monitor de pressão arterial consiste no ajuste e na comparação dos valores de um instrumento de monitoramento de pressão alta, tendo como base uma referência padrão.

Desse modo, torna-se possível assegurar a precisão e a veracidade dos resultados obtidos com a medição de pressão.

O aparelho de aferição da pressão arterial deve estar sempre calibrado e funcionando de maneira adequada, conforme os padrões preestabelecidos.

É uma forma de garantir a segurança da análise e evitar resultados diversos que não correspondam à realidade.

É comum que o aparelho vá perdendo a sua precisão ao longo do uso contínuo.

Por isso, a calibragem serve justamente para restabelecer os níveis normais e garantir que ele voltou a ter a mesma precisão de antes.

Qual é a hora de calibrar o monitor de pressão arterial?

De acordo com especialistas da Omron, não há um momento certo de efetuar a calibragem do aparelho monitor de pressão.

No entanto, a Portaria nº 46 do Inmetro determina a necessidade de calibração anual dos aparelhos de pressão.

Em todo caso, é interessante que se leve os números para os profissionais da saúde acompanharem a regularidade.

O médico ou o enfermeiro são as pessoas indicadas para avaliar se os níveis de aferição da pressão estão adequados ou se não estão seguindo o que já se percebia na avaliação.

Nesse sentido, os produtos fabricados pela Omron estão cobertos com a possibilidade de pedido de aferição da calibração antes mesmo do período de um ano, se for necessário, o que é raro.

Em todo caso, é interessante que se leve os números para os profissionais da saúde acompanharem a regularidade.

O médico ou o enfermeiro são as pessoas indicadas para avaliar se os níveis de aferição da pressão estão adequados ou se não estão seguindo o que já se percebia na avaliação.

Nesse sentido, os produtos fabricados pela Omron estão cobertos com a possibilidade de pedido de aferição da calibração antes mesmo do período de um ano, se for necessário, o que é raro.

O que acontece se o monitor de pressão não estiver devidamente calibrado?

Vale ficar de olho! Caso o profissional não dê a devida atenção para o estado de calibragem do aparelho monitor de pressão, poderá haver dificuldades no monitoramento.

Isso porque os números que constam no visor do equipamento podem tornar-se incoerentes e desprovidos de veracidad.

Ou seja, não haverá a certeza de que os valores correspondem à realidade do paciente.

Essa situação é potencialmente perigosa, uma vez que compromete a averiguação da pressão, prejudica o acompanhamento de um indivíduo hipertenso e pode mascarar a hipertensão em pessoas que antes não apresentavam nenhum indício do problema.

E como já mencionamos, a pressão alta é uma doença silenciosa que costuma manifestar-se quando o indivíduo já está com a saúde comprometida.

Por isso, não hesite em conferir com o SAC da fabricante do seu aparelho, sempre que verificar alguma irregularidade.

Como calibrar o monitor de pressão arterial?

O Omron garante a primeira aferição gratuita após um ano de utilização do equipamento.

A empresa recomenda uma assistência técnica próxima para o cliente e gera um código de postagem, com o objetivo de efetivar a aferição.

A partir daí, o consumidor tem a capacidade de postar e ter o seu equipamento devolvido, de modo gratuito.

A calibração é efetuada em estabelecimentos especializados.

É necessário um equipamento calibrado da assistência técnica.

E o Inmetro verifica se o aparelho está correto para poder fazer essa calibração. É um controle bem rígido que é feito.

Foto: Divulgação Omron Healthcare
Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário