Como cuidar da saúde mental nas empresas?

Estima-se que 30 a cada 100 pessoas sofram, ou venham a sofrer, de problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão

Depressão, ansiedade, inseguranças, confusão mental podem ser decorrentes de problemas familiares, de relacionamento, financeiros ou profissionais e limitam a capacidade cognitiva e de reação, prejudicando ainda o desempenho social e profissional.

Os números em relação à saúde mental são alarmantes. Isso porque os problemas, incluindo o uso de substâncias psicoativas, respondem por mais de um terço dos índices de incapacidade. Além disso, estima-se que 30 a cada 100 pessoas sofram, ou venham a sofrer, de problemas de saúde mental, como ansiedade e depressão.

Atenção a saúde mental

Para chamar a atenção da comunidade para os aspectos mentais e emocionais das pessoas que nos rodeiam, uma vez que o indivíduo não saudável pode afetar toda uma equipe, o diretor-médico da RHMED|RHVIDA, Dr. Geraldo Bachega, selecionou dicas preciosas de prevenção e sinais para identificação de doenças mentais que ajudam na promoção da saúde mental na organizações.

“Inserir nas mídias, nas ferramentas de comunicação internas e nas instituições sociais em alerta no combate aos males mentais e emocionais dos indivíduos tem resultado em impactos sociais positivos. A proposta é que as organizações contribuam para a construção de modelos e ações permanentes e na tarefa de propagar mensagens positivas e assertivas. O envolvimento de todos os colaboradores faz grande diferença, pois cada um tem sua história, suas próprias questões e também sugestões para evitar os problemas”, frisa o Dr. Bochega.

Como evitar os problemas mentais?

  1. – Busque o equilíbrio. Enfrentar os desafios não significa deixar de pedir ajuda quando necessário. Conhecer os limites e descentralização tarefas pode ser bem positivo.
  2. – Esteja bem consigo mesmo e nas relações com os outros.
  3. – Tenha um propósito que o leve a superar desafios e sentir satisfação em suas funções.
  4. – Lide bem com as emoções, inclusive as desagradáveis. Aceitar que nem tudo pode dar certo o tempo todo e saber que o importante é reconhecer os erros, aprender com eles e seguir em frente.

 

Alguns sinais de alerta

  •  Cansaço mental.
  • Dificuldade de concentração.
  •  Distração e perda de memória.
  • Apatia ou indiferença emocional.
  • Problemas de pele.
  • Queda de cabelo.
  • Gastrite ou úlcera.
  • Perda repentina ou ganho rápido de peso.
  • Desânimo, apatia ou questionamento frente à vida.
  • Ansiedade.
  • Crises de pânico.
  • Pressão alta.

 

Foto: Shutterstock

Fonte: RHMED|RHVIDA

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário