PDV

Como preparar as farmácias para as oportunidades neste primeiro semestre do ano

O gerente de ofertas e produtos da Linx, Leandro Ruggero, explica o que as farmácias devem fazer para acompanharem, por exemplo, fatores sazonais como chance de ótimas oportunidades de vendas

A proposta da pauta tem como objetivo apresentar dicas para o varejista do segmento de farmácia aproveitar melhor as chances e oportunidades neste primeiro semestre do ano, período em que costuma receber um fluxo maior clientes a procura por produtos e serviços, considerando fatores sazonais, como o período do verão ou a virada de estação outono/inverno. No mês de março, também ocorre a virada da tabela dos medicamentos pela Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (CMED), com aplicação dos novos valores da Tabela CMED pelos varejistas a partir de 1° de abril.

Diante desse cenário, a ideia é explorar o tema mostrando como os estabelecimentos podem organizar seus processos para dar conta de todas essas demandas, considerando estoque, fluxo de caixa, aplicação de cupons de descontos, entre outros fatores. Apresentar como sistemas, como a solução em nuvem Linx Farma Cloud que funciona no modelo Service as a Service (Saas), são aliados para facilitar o dia a dia do varejista, monitorando processos como estoque, segurança na informação, os investimentos, as obrigações tributárias e fiscais para oferecer controle e a melhor experiência na jornada de compra dos clientes, especialmente nesses períodos de maior demanda.

O varejo físico do setor farmacêutico se beneficiou, em certa medida, pelo aumento de fluxo de clientes durante a pandemia de Covid-19, porém os estabelecimentos precisaram se digitalizar ainda mais, a partir do crescimento das compras online e da incorporação de tecnologias que facilitaram as entregas por delivery, além de aderir a novos modelos de pagamento, como o Pix, e a estratégias que priorizam o foco no cliente, como programas de fidelização. Outro método que garante às farmácias a venda de produtos com valores mais atrativos para os clientes é a compra por associativismo. A estratégia permite que as farmácias se juntem para a realização de uma compra em grande quantidade, garantindo, dessa forma, melhores preços das distribuidoras.

Como fazer a gestão fiscal da sua farmácia 

Foto e fonte: gerente de ofertas e produtos da Linx, Leandro Ruggero.

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário