PDV

4 dicas de como vender mais para o consumidor de farmácia em 2021

Inspirar sua jornada no canal farma para que as vendas sejam satisfatória é de suma importância para evitar falhas. A CEO da Connect Shopper, Fátima Merlin, explica melhor

Nestes primeiros meses do ano, nada mais apropriado do que refletir sobre como a pandemia vem mudando a dinâmica da farmácia e o comportamento do consumidor de farmácia. Refletir sim, para tomar as melhores decisões para o ano novo que se aproxima.

A CEO da Connect Shopper, Fátima Merlin, responde algumas questões sobre o tema:

1. Quais são as tendências de consumo para 2021?

O meio digital vai ficar como uma realidade complementar à loja física, com o shopper optando por um ou outro de acordo com as necessidades do momento.

Embora devamos considerar as particularidades e diferenças gigantescas regionais num País continental como o nosso.

Cada vez mais a farmácia deve estar voltada à entrega de soluções completas para um consumidor em busca de saúde e bem-estar.

Um exemplo são os testes de Covid-19 e, futuramente, as vacinas.

A busca pela praticidade e conveniência levará, portanto, ao aumento da procura por serviços farmacêuticos. Então, pode ser um filão para as farmácias.

2. E quanto às principais mudanças no comportamento do consumidor?

A gente observa um shopper querendo ser atendido quando deseja, da forma que deseja e onde deseja.

Por isso, a farmácia deve estar atenta a todos os pontos de contato e desenvolver ações direcionadas, com consistência e coerência.

Claro que se deve considerar o desemprego e também a queda na renda com o possível fim do Auxílio Emergencial.

Com o bolso mais apertado, o shopper será mais seletivo nas escolhas, valorizando, por exemplo, marcas de maior relação custo-benefício.

As marcas próprias, por exemplo, ganharão mais penetração, assim como os genéricos dentro do mercado de medicamentos de prescrição.

3. A farmácia deve estar atenta a quais aspectos para satisfazer o cliente em 2021?

Conhecê-lo a fundo para entender suas necessidades, hábitos e comportamentos, no entanto, sempre acompanhando eventuais mudanças e tendências de mercado.

As pesquisas de satisfação são importantíssimas para medir a satisfação do cliente e acionar aquilo que ele deseja.

Tenha o produto certo, na quantidade certa, com preço e promoções adequadas, inteligentes e direcionadas. Somente assim, o cliente sairá da farmácia satisfeito.

4. Como deve ser a exposição de produtos daqui para frente, pós-pandemia?

Dessa maneira, o shopper quer uma loja prática, resolutiva, na qual encontre facilmente o que foi buscar, de maneira fluída e com segurança, podendo entrar e sair rapidamente.

A pandemia fortaleceu a necessidade de organização da loja, segmentação dos produtos e exposição que favoreça a experiência de compra.

Corredores mais amplos, que permitam uma navegação mais fluida e com segurança são cruciais.

Portanto, cuide também para que não haja rupturas no ponto de venda, mantendo o estoque em dia.

Fonte: Rede Press

Foto: Fátima Merlin

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário