CVS Health tem lucro líquido de US$ 2,78 bilhões (US$ 2,10 por ação) no 2T21 e eleva previsão para o ano

A receita da empresa saltou para US$ 72,62 bilhões, de US$ 65,34 bilhões um ano antes, superando as expectativas dos analistas de US$ 70,3 bilhões

Na última quarta-feira (4) a CVS Health ultrapassou as expectativas dos analistas para o lucro do segundo trimestre fiscal e aumentou sua previsão para o ano, com os clientes voltando aos consultórios médicos e aos padrões de compra mais típicos.

A rede de drogarias e a seguradora de saúde disseram que seus negócios começaram a se normalizar, à medida que os clientes compram mais itens na frente da loja e os farmacêuticos passam mais receitas.

Ele disse também que o uso de benefícios de saúde também voltou a um padrão mais típico, à medida que as pessoas retomam as consultas e procedimentos médicos.

As vendas aumentaram 12,3% no segundo trimestre, em comparação com o ano anterior.

No entanto, em meio ao aumento dos casos de Covid-19 e à disseminação da variante delta, a presidente-executiva da CVS, Karen Lynch, disse que a empresa continua comprometida em expandir o acesso e o alcance da vacina.

A CVS disse que administrou quase 17 milhões de vacinas Covid-19 e mais de 6 milhões de testes no segundo trimestre.

A empresa também disse que está aumentando os salários e cortando as exigências de educação, uma vez que enfrenta uma competição acirrada por trabalhadores.

 Detalhes do lucro da CVS Health

Todavia, a CVS relatou para o período de três meses encerrado em 30 de junho, em comparação com o que os analistas esperavam, com base em uma pesquisa com analistas da Refinitiv:

  • Lucro por ação: US$ 2,42 ajustado contra US$ 2,06 esperado.
  • Receita: US$ 72,62 bilhões contra US$ 70,3 bilhões esperados.

A CVS reportou lucro líquido no segundo trimestre de US$ 2,78 bilhões.

Ou US$ 2,10 por ação, abaixo dos US$ 2,98 bilhões, ou US$ 2,26 por ação, um ano antes.

Excluindo itens, ganhou US$ 2,42 por ação, mais do que os US$ 2,06 por ação esperados por analistas também  pesquisados ​​pela Refinitiv.

A receita da empresa saltou para US$ 72,62 bilhões, de US$ 65,34 bilhões um ano antes, superando as expectativas dos analistas de US$ 70,3 bilhões.

A CVS elevou sua orientação para o ano e, dessa maneira, espera que o lucro de 2021 fique entre US$ 6,35 e US$ 6,45 e, após ajustes, entre US$ 7,70 e US$ 7,80 por ação.

No fechamento da última terça-feira (3), as ações da CVS subiram cerca de 23% este ano.

As ações fecharam na terça-feira a US$ 84,00, elevando o valor de mercado da empresa para US$ 110,59 bilhões.

As ações da empresa caíram cerca de 1,4% no pré-mercado de quarta-feira, a um preço de US$ 82,80.

A saber, a CVS Health também é negociada na B3 através da BDR, a um último preço de R$ 218,61.

Fonte: ADVFN Brasil

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário