Decisão garante assistência farmacêutica no serviço público de saúde

CRF-SP obtém cassação de liminar que desobrigava o serviço em unidades de saúde da capital

Em decisão baseada na Lei Federal 13.021/2014, o http://www.crfsp.org.br conseguiu a cassação de liminar obtida em abril passado pela Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina (SPDM) a fim de afastar a obrigatoriedade de manter a assistência farmacêutica no serviço público de saúde do município de São Paulo. A SPDM é uma organização social responsável pela gestão de 152 Unidades Básicas de Saúde pertencentes à Prefeitura de São Paulo.

Concedida a liminar pela 17ª Vara Federal em 15 de abril, o CRF-SP recorreu da decisão perante o Tribunal Regional Federal da Terceira Região obtendo a cassação da liminar, em decisão do desembargador federal Dr. Leonel Ferreira. Desta forma, as unidades de saúde são obrigadas a manter assistência farmacêutica no serviço público de saúde durante todo o horário de funcionamento, sob pena de multa prevista no artigo 24 da Lei nº 3.820/60.

A decisão reafirma que “a partir da vigência da Lei Federal nº. 13.021/14, é necessária a presença do responsável técnico farmacêutico nos dispensários de medicamentos”, e que, dessa forma, “pode-se fiscalizar e, com base nesta decisão, autuar os estabelecimentos geridos pela Organização Social SPDM, caso não haja presença de profissional farmacêutico no estabelecimento”.

 

CRF-SP cria programa de recolocação para farmacêuticos

O Conselho Regional de Farmácia do Estado de São Paulo (CRF-SP) está promovendo um programa de recolocação para farmacêuticos. Chamado de Programa de Apoio à Recolocação, a ação será, assim, realizada nos dias 27, 28 e 29 de junho. O local será a sede da entidade (Rua Capote Valente, 487, Jardim América – SP).

Desse modo, voltado para farmacêuticos que estão em busca de recolocação, a programação envolve, em resumo, três módulos. Em primeiro lugar, o “Na busca de um novo trabalho”, que contempla não apenas temas como autoconfiança, como também de cuidados com agências de recolocação e organização das finanças.

Em segundo lugar, há o módulo “Vencendo na entrevista”, que aborda, como consequência, as dinâmicas deste momento da contratação, inteligência emocional e perguntas frequentes. Por fim, há o módulo “Trabalhando atitudes complementares”, que envolve temas como empreendedorismo e coaching. Para mais informações, acesse o portal do CRF-SP ou ligue para (11) 3067-1462.

Fonte: CRF-SP

Foto: Shutterstock

Aberta consulta pública sobre Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário