Depressão e ansiedade podem ser tratadas com medicamentos fitoterápicos

A depressão se difere das flutuações usuais de humor e das respostas emocionais de curta duração aos desafios da vida

Especialmente quando de longa duração e com intensidade moderada ou grave, pode se tornar uma séria condição de saúde, causando um grande sofrimento e disfunção, seja no trabalho, na escola ou na família.

Esta é uma doença que se constitui como a maior causa de suicídio no mundo, entre os principais sintomas estão alterações de humor, apatia, solidão, isolamento social, falta de vontade de agir e fadiga. As causas podem ser diversas e irem além das genéticas.

Já a ansiedade, quando se dá de maneira generalizada, as manifestações não ocorrem na forma de ataques, nem se relacionam com situações determinadas. Estão presentes, na maioria dos dias e por longos períodos, de muitos meses ou anos.

O sintoma principal é a expectativa apreensiva ou preocupação exagerada. Dessa forma, o acometido está, a maior parte do tempo, excessivamente preocupado. Falta de concentração, irritabilidade, falta de sono ou até comer muito para descarregar as emoções na alimentação são sintomas característicos.

Ao longo dos anos, o uso do medicamento fitoterápico tem provado ser capaz de auxiliar no combate da depressão e da ansiedade, os ativos que têm apresentado excelentes resultados são: valeriana, passiflora e erva-de-são-joão.

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário