Desmistificando o Gerenciamento por Categorias

Expor as categorias de produtos da farmácia é uma excelente oportunidade de aumentar a lucratividade da loja

Se a ideia é alavancar as vendas em farmácias, as gôndolas não podem ser esquecidas. O Gerenciamento por Categorias (GC) é uma estratégia bastante disseminada no varejo, e que pode ser aplicada em lojas de quaisquer portes, com o intuito de fazer com que as gôndolas proporcionem uma solução completa para o consumidor.

O primeiro passo é conhecer o shopper, considerando o seu comportamento, processo de compra e decisão. Também deve-se ter em mente o mercado de atuação – concorrentes; e assim, garantir efetividade na escolha do mix e das soluções a serem exploradas, bem como, a forma de segmentar a categoria e de expor no ponto de venda (PDV).

Além disso, o sortimento correto é primordial para garantir as vendas em farmácias. Nessa etapa, deve-se pensar quais produtos a loja deve oferecer e quais funcionam melhor em conjunto. A partir do momento em que se tem um mix de produtos definido, deve se considerar como estes itens funcionam em conjunto, analisando qual seria a cesta complementar e como ela deve ser potencializada dentro de loja.

De acordo com a diretora da Mind Shopper, Alessandra Lima, que palestrou sobre Gerenciamento por Categorias e a Importância do Checkout, na sala Varejo em Foco, durante a 15ª edição da Abradilan Conexão Farma. A executiva ressaltou a importância de se trabalhar com outros pontos de contato entre o shopper e a categoria, como o checkout, por exemplo, que é a última oportunidade de se efetivar uma venda, o que aumenta o tíquete médio e pode ser altamente lucrativo.

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário