EMS estaria disputando compra do laboratório Medis

Empresa brasileira poderia adquirir braço da israelense Teva

O EMS está no páreo para a compra do laboratório europeu Medis, braço da israelense Teva. O laboratório brasileiro está participando com outras empresas estrangeiras e fundos de private equity do processo par adquirir a companhia.

A empresa estaria levantando um empréstimo de aproximadamente 900 milhões de euros (aproximadamente R$ 4,2 bilhões) para usar parte dos recursos como garantia para a possível aquisição, de acordo com uma fonte de mercado.

Com sede na Islândia e fábricas pela Europa, a Medis foi colocada à venda há um ano e está avaliada entre US$ 500 milhões a US$ 1 bilhão, segundo a agência Bloomberg.

A Teva está se desfazendo de parte de seus negócios para diminuir seu endividamento. A farmacêutica comprou a Allergan, em 2015, por cerca de US$ 40,5 bilhões. O Citibank está assessorando a Teva nesta operação.

Fonte: Estadão
Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário