EMS investirá R$ 12 milhões na restauração do Museu do Ipiranga

Reinauguração está prevista para 2022

A EMS é um dos patrocinadores do projeto do Governo do Estado, da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo e da Universidade de São Paulo para a restauração e reinauguração do Museu do Ipiranga. Em coletiva realizada na última sexta-feira (17), no Palácio dos Bandeirantes, o governador João Doria anunciou detalhes do projeto e as empresas que confirmaram patrocínio. A EMS investirá o total de R$ 12 milhões na restauração do museu, ao longo de um período de quatro anos.

A previsão é iniciar as obras em setembro de 2019 e reinaugurar o espaço em setembro de 2022, data que marca a celebração do bicentenário da Independência do Brasil. Até o presente momento, foram levantados R$ 160 milhões para a recuperação do Museu, um recorde na história da cultura brasileira.

Para a EMS, contribuir para a preservação da história do País é um motivo de muito orgulho. “Sem dúvida, o Museu do Ipiranga é um dos grandes patrimônios culturais brasileiros e merece o nosso total apoio, em prol da promoção da memória nacional”, afirmou o vice-presidente Institucional da empresa, Marcus Sanchez.

Dentro do projeto, todos os elementos do edifício serão preservados, e o novo Museu do Ipiranga será ampliado para receber o triplo de visitantes. O espaço terá, ainda, 5 mil metros quadrados de área nova que abrigará exposições e atividades culturais, elevadores, estruturas de acessibilidade, um mirante, dois cafés e um restaurante.

Além da EMS, outras 12 empresas integram o grupo de apoiadores confirmados.

Fonte: Guia da Farmácia

Fotos: Shutterstock/divulgação

X Conferência Nacional de Educação Farmacêutica começa em junho

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário