fbpx

Entregas com drones são nova aposta da Sanofi e Grupo Elfa

Serviço está em fase de testes e promete ser uma grande revolução no mercado de saúde

O Grupo Elfa, composto por empresas varejistas e distribuidoras de medicamentos, juntamente com o laboratório farmacêutico Sanofi, resolveram investir em um modal de transporte que vem revolucionando o mercado de logística brasileiro: entregas por drones. Em parceria com a SMX, empresa especialista em desenvolver sistemas aéreos não tripulados, o serviço está em fase de testes e promete ser uma grande revolução no mercado de saúde.

O diretor de operações do Grupo Elfa, Igor Spreafico, afirma que investir nessa tecnologia é de extrema importância e será um ganho para todo o País. “Esse novo modal vai trazer mais agilidade e segurança. Entregar o produto íntegro e na temperatura correta, por exemplo, serão um dos grandes diferenciais nesse novo sistema”, diz.

De acordo com o diretor corporativo do Grupo Elfa, Roger Vallim, soluções como essas serão determinantes para algumas regiões do País. “Quando avaliamos o tamanho do Brasil, há lugares com muita dificuldade de acesso, e com essa tecnologia, esses locais poderão ser atendidos com rapidez e agilidade. Vidas serão salvas e esse é nosso principal objetivo”, reforça, afirmando que há muitos locais que um carro não chega, nem mesmo um avião, pelo custo envolvido. “Esperamos levar esperança para os pacientes e serviço para as instituições que cuidam desses pacientes”, completa Vallim.

Para a diretora de Supply Chain da Sanofi, Katia Souza, as entregas com drones são mais um passo da Sanofi no caminho de se tornar referência em inovação. “Colocamos em prática nosso propósito de entregar saúde e conectar pessoas. Por isso, buscamos novas formas de atender as necessidades de nossos clientes e pacientes.”

O fundador da SMX Systems, empresa detentora da tecnologia que possibilita as entregas com drones, Samuel Salomão, diz que o objetivo da empresa é inovar no desenvolvimento de drones com foco o transporte aéreo focando na saúde. “Temos certeza que nos próximos anos a área da saúde se beneficiará muito com o transporte de medicamentos, bolsas de sangue, órgãos, etc. Acreditamos que esse modal ainda salvará muitas vidas”, afirma.

Spreafico complementa que, além da agilidade, os benefícios das entregas com drones serão para o meio ambiente. “Por ser elétrico, o drone não emite gases o que o torna mais limpo. Para nós, a inovação não tem limite. Temos que pensar no impossível. Somente pensando no impossível é que conseguimos buscar inovações, fazer com que o sonho vire realidade assim como estamos fazendo hoje”, finaliza.

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: divulgação

CRF-SP mostra o impacto da tecnologia na atuação do farmacêutico



Deixe um comentário