EUA aprovam uso emergencial de remédio da Roche para casos graves de Covid-19

Há meses o Actemra é administrado em pacientes com casos graves da doença como uso compassivo

A agência reguladora de saúde dos EUA aprovou o Actemra, um remédio para artrite da Roche, para uso de emergência no tratamento de pacientes hospitalizados com Covid-19.

Dando, dessa maneira, um impulso adicional a um medicamento que já era permitido como uso compassivo em casos graves.

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) disse na última quinta-feira (24) que emitiu uma autorização de uso de emergência para o Actemra para o tratamento de pacientes adultos e infantis hospitalizados com Covid-19.

Há meses o remédio é administrado em pacientes com casos graves da doença como uso compassivo.

EUA aprova remédio Actemra

O medicamento pode ser usado para tratar pacientes que estão recebendo corticosteroides sistêmicos e precisam de oxigênio suplementar, ventilação mecânica não-invasiva e invasiva.

Ou também por oxigenação por membrana extracorpórea, disse a FDA.

A agência acrescentou que estudos mostraram que o Actemra ajuda a diminuir o risco de morte e a acelerar a recuperação.

A autorização de uso de emergência se baseia em resultados de quatro estudos aleatórios controlados que avaliaram o Actemra para o tratamento de Covid-19, portanto, em mais de 5.500 pacientes hospitalizados, disse a Roche.

No primeiro trimestre, as vendas do Actemra aumentaram 22%, chegando, então, a 779 milhões de francos suíços.

Depois de dispararem quase um terço e chegarem a 2,9 bilhões de francos suíços em 2020, devido sobretudo então, ao tratamento de pacientes com pneumonia grave associada à Covid-19.

Fonte: CNN Brasil

Foto: Agora Notícias Brasil

*Conteúdo jornalístico e meramente informativo.

Não se automedique, consulte um profissional de saúde.

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário