Extrafarma antecipa expansão da Pague Menos em 3 anos

Rede adquirida do grupo Ultrapar irá potencializar diferenciais estratégicos e o braço de serviços médicos Clinic Farma

O presidente da Pague Menos, Mário Queirós, disse, na última terça-feira (18) que a aquisição da Extrafarmaantecipa em três anos o plano de crescimento da rede.

“Vamos usar as 402 lojas da Extrafarma para potencializar diferenciais estratégicos, nosso braço da Clinic Farma [serviços], os convênios e parcerias, e, com os quatro centros de distribuição da Extrafarma, vamos reduzir a distância entre lojas e as centrais, diminuindo o ‘lead time’ e a ruptura, melhorando nível de serviço e atendimento.”

Queirós disse que um dos centros de distribuição da Extrafarma, localizado em São Paulo, estava no plano de abertura da empresa para 2023.

E que a rede ainda planejava abertura de uma central no Pará, região onde a Extrafarma já atua com um centro.

No total, são quatro centros da Extrafarma — sexta maior cadeia do país, a segunda na região Norte e a terceira no Nordeste.

O presidente ainda afirmou que as operações se manterão separadas até aprovação do Cade, e isso pode levar de 6 a 9 meses.

Reforço para os negócios da Extrafarma e Pague Menos

Além disso, ainda disse que já foi criado um time de integração a ser liderado pelo executivo Jose Rafael Vasquez, vice-presidente de operações.

“Vasquez começa a trabalhar já agora, porque até a aprovação ele vai cuidar do planejamento e após a aprovação vão implementar a execução, apoiado pela consultoria McKinsey.”

Com o acordo e unificação das redes, haverá também uma redução na distância média entre loja e centro de distribuição de 45% com a absorção da estrutura da Extrafarma — atualmente com quatro CDs.

Além disso, do potencial de sinergia a ser capturada de R$ 150 milhões a R$ 250 milhões em Ebitda, no prazo de até 30 meses, de R$ 40 milhões a R$ 70 milhões virão de despesas indiretas.

Cerca de 80% desse ganho de até R$ 250 milhões virá em 24 meses.

Pague Menos confirma negociação para a compra da Extrafarma 

Fonte: Valor Econômico

Foto: Bahia de Valor

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário