fbpx

Extrafarma conscientiza sobre pressão alta

Pressão alta, principal fator de risco para doenças cardiovasculares, atinge 35% da população brasileira

Popularmente chamada de pressão alta, a hipertensão arterial atinge cerca de um bilhão de pessoas no mundo, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS). O Ministério da Saúde aponta que 35% dos brasileiros tem a enfermidade, porém metade desse grupo sequer tem conhecimento disso.

Ainda segundo a OMS, 45% das mortes por problemas cardíacos no mundo estão relacionadas à pressão alta. “A hipertensão é uma doença assintomática. Por isso, para prevenir problemas cardiovasculares, é muito importante aferir a pressão esporadicamente, sobretudo adultos e pessoas com histórico familiar da doença”. Assim  explica o farmacêutico da rede de farmácias Extrafarma, Adriano Ribeiro.

“É preciso ficar atento a alguns sinais do organismo que podem indicar hipertensão. São eles: dores de cabeça, tontura, zumbido no ouvido, fraqueza, visão embaçada e sangramento nasal. Caso esses sintomas apareçam com frequência, é recomendado procurar um profissional da saúde para ser devidamente diagnosticado e entender como a hipertensão pode ser controlada”, completa o farmacêutico.

No mês em que é comemorado o Dia Mundial do Coração (29 de setembro), a Extrafarma conversou com a equipe de farmacêuticos e produziu o infográfico “De olho na pressão”. Assim, indicando alternativas para monitorar a pressão no dia a dia e evitar a hipertensão.

O gráfico da Extrafarma sobre pressão alta conta com informações sobre os valores considerados normais ou não para a pressão arterial, números ao redor do mundo, bem como dicas para identificar e evitar a hipertensão.

Pressão arterial

cuidados com a hipertensão

Foto: Shutterstock
Fonte: Extrafarma

 

 

 

Deixe um comentário