Extrafarma inicia a realização de testes rápidos de Covid-19 em São Paulo

O serviço é realizado mediante agendamento prévio na unidade da Av. Jamaris nº 369, Moema

A Extrafarma iniciou a realização de testes rápidos do novo coronavírus em São Paulo.  O serviço está disponível na unidade da Av. Jamaris, nº 369, em Moema. É necessário realizar agendamento prévio por meio de WhatsApp ou telefone (11) 96578-9959.

O procedimento custa R$ 159 e é realizado com hora marcada em dois modelos: sistema de drive-thru, em que o cliente é atendido em seu próprio automóvel; ou na área externa da loja, onde foram montadas tendas específicas e seguras para a coleta, seguindo protocolo e procedimentos definidos pela Abrafarma (Associação Brasileira de Farmácias) e alinhados com a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

A triagem e o teste rápido, homologado pela Anvisa, serão aplicados por um farmacêutico devidamente treinado e equipado. Os resultados do teste ficam prontos em cerca de 10 minutos a partir de uma amostra de sangue.

Para a realização do teste, além do agendamento prévio, é obrigatório que o cliente esteja com máscara. Seguindo a resolução RDC 377/20, todos os resultados dos testes, positivos ou negativos, serão notificados à Anvisa.

Em função da pandemia, a Extrafarma adotou todas as recomendações de prevenção dos órgãos responsáveis e tem reforçado as medidas de segurança e higienização das lojas, visando a proteção da saúde de clientes e funcionários.  Dentre as adaptações no funcionamento das farmácias da rede, destaca-se o atendimento prioritário de idosos nas duas primeiras horas do dia; a adaptação do atendimento no balcão, a disponibilização de álcool em gel para clientes e o distanciamento das filas no caixa; além da implementação de delivery e entregas feita pelas farmácias.

Teste de Covid-19 na Extrafarma

Extrafarma Moema
Endereço: Av. Jamaris, nº 369, Moema – São Paulo
Valor: R$ 159
Telefone / WhatsApp para agendamentos: (11) 96578-9959

Extrafarma contra a Violência Doméstica

Extrafarma adere à campanha Sinal Vermelho contra a Violência Doméstica; uma inciativa fruto da parceria entre a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB) e o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Diante da importância da campanha, todas as farmácias da rede passam a funcionar como mais um canal de acolhimento e denúncia para mulheres vítimas de violência doméstica.

Todos os funcionários da Extrafarma já foram treinados para acolher devidamente as vítimas de violência doméstica. Basta que a mulher mostre o “X” vermelho, que pode ser desenhado na palma da mão ou em um pedaço de papel, usando batom, tinta ou qualquer material. A Polícia Militar será imediatamente acionada pela equipe da loja.

Foto e fonte: Extrafarma

 

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário