Farmácias das redes da Febrafar crescem 22,28% no primeiro semestre de 2021

Melhoria de gestão das redes de farmácia associadas à Febrafar, o associativismo e a capilaridade são alguns dos destaques deste crescimento

Os números de fechamento do primeiro semestre de 2021 do varejo farmacêutico mostrou mais uma vez o crescimento acima de dois dígitos com alguns destaque para a Federação Brasileira das Redes Associativistas e Independentes de Farmácias (Febrafar).
De acordo com dados divulgados pela IQVIA, nos últimos doze meses fechados em junho ocorreu um crescimento de 13,21% em comparação com o mesmo período de 2021.
Conforme os números apresentados, o faturamento das farmácias de julho de 2020 a junho de 2021 foi de R﹩ 144,86 bilhões.
Já no período de julho de 2019 a junho de 2020 esse valor foi, portanto, de R 127,96 bilhões.

O grande destaque deste crescimento foram as lojas das redes associadas à Febrafar que cresceram no ano 22,28%.

“A Febrafar, em função do trabalho que já realiza há muito tempo, vem constantemente crescendo acima do mercado. Isso ocorre em função de nossas redes estarem cada vez mais utilizando as ferramentas e estratégias que oferecemos para melhoria da gestão“, explica o presidente da Febrafar, Edison Tamascia.

Em relação ao contínuo crescimento da Febrafar, esse fato já tem resultado direto em sua participação no mercado.
Sendo, então, que em junho de 2017 seu market share essa era de 9,5% e agora em junho de 2021 esse é de 12,5%.

Nesse mesmo período a federação cresceu 87,2%, já o mercado como um todo cresceu 41,7%.

Resultados da Febrafar no primeiro semestre de 2021

Em relação a outros grupos de mercado o associativismo também se destaca sendo o que mais cresceu nesse período.

Os dados apontam que as grandes redes corporativas cresceram 36,5%, o conjunto das farmácias independentes cresceu 32,1% e outras associações e franquias cresceram 64,7%.

“Trouxemos um contexto de profissionalização para o empresário do varejo farmacêutico. O fato é que você precisa ter um conjunto de ferramentas e processos que permita a você ser competitivo, como a forma de emitir seus indicadores, ou de fazer a gestão do seu programa de fidelidade, ou até mesmo conhecer maneiras de se chegar a um custo menor na educação que você busca, então, individualmente, é impossível você fazer tudo isso “, explica Tamascia.
Estando, portanto, presente em 54% dos municípios brasileiros (3.033 de 5.570).
Fonte e foto: Febrafar
Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário