Farmarcas comemora nove anos no varejo farmacêutico

Farmarcas foca em objetivos e em melhorias constantes ao mercado farmacêutico

Em maio, a Farmarcas comemora seu nono ano de fundação.

Como um de seus resultados, a empresa conseguiu, neste ano, pela segunda vez, ser uma das melhores empresas para se trabalhar, de acordo com a GPTW.

A Farmarcas responde por onze redes de farmácias em todo o país, somando, então,1.226 pontos de vendas.

De acordo com dados referentes aos últimos doze meses finalizados em março de 2021, o faturamento das lojas da rede somado cresceu 26.26% em relação ao ano mesmo período do anterior.

Em números totais, o faturamento passou de R$ 3,20 bilhões para R$ 4,04 bilhões, fazendo com que a administradora de redes se estabeleça como a quarta força do mercado farmacêutico do país.

Associativismo 

A Farmarcas   trabalha, na maioria dos casos, com o associativismo, ou seja, reúne empresários
de diferentes regiões e culturas com o objetivo de cuidar de pessoas para inspirá-las a escreverem sua melhor história.

“A força e união do associativismo são fundamentais para que a Farmarcas tenha histórias tão significativas para contar nesses 9 anos de estrada. Quero reconhecer que tudo isso só foi possível porque esse não foi um sonho de uma pessoa, esse foi um sonho coletivo”, conta o presidente da Farmarcas, Edison Tamascia.

Busca da digitalização e novos desafios

Atualmente a empresa tem focado no projeto amplo de digitalização de suas lojas, como explica o diretor geral Paulo Costa.

“Temos uma visão de digitalização em vários âmbitos, primeiro do lado interno (Farmarcas e
gestão das farmácias), automatizando os processos internos para ganho de qualidade, a outra parte é a do consumidor, digitalizando o processo de atendimento, entendendo os hábitos de consumo e tendo um melhor
relacionamento”.

Com isso a empresa busca priorizar os relacionamentos,  com negociações, estratégias definidas e processos inovadores que inspiram milhares de brasileiros.

Desafios

A chegada da pandemia, um novo modelo de gestão foi, então, implantado. Em termos de estrutura a empresa sofreu pouco.

“De alguma forma nós já éramos digitais e já tratávamos de várias iniciativas à distância”, explica Edison Tamascia.

Um exemplo foi a transformação de eventos presenciais em eventos totalmente digitais e que conseguiram resultados que superaram as expectativas, como foi o caso, por exemplo, do Encontro Digital Farmarcas.

 

Farmarcas cresce 26.26% em março 

Fonte: Farmarcas

Foto: Febrafar

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário