Farmarcas fatura R$ 4 bilhões em 2020

A Farmarcas teve um crescimento contínuo mesmo durante a pandemia e projeta inaugurar até o fim deste ano um total de 190 lojas, atingindo 1.230 lojas

A Farmarcas – administradora de redes de farmácias – mostrou sua força no mercado, projetando um grande crescimento para o ano de 2021, isso depois de ter atingido grande parte de suas metas para 2020.

Esses foram importantes fatos apresentados durante o Conexão Farmarcas, que neste ano aconteceu no formato digital.

Os dados foram, então, passados durante a apresentação do diretor geral da Farmarcas, Paulo Costa, que falou do crescimento recente da empresa e projeções para o futuro.

“Quando fizemos nossas projeções para 2020 não estava em nosso radar a pandemia, contudo, essa teve um impacto muito pequeno em nossas projeções, mas fizemos algumas readequações no meio do caminho, lembrando que a empresa apresentou altos ótimos índices, mas com um crescimento sustentável“, explica.

Um primeiro ponto relevante apresentado foi o crescimento no número de lojas, sendo que a Farmarcas projeta inaugurar até o fim deste ano 190 lojas, atingindo o total de 1.230.

Além disso, a empresa deverá finalizar o ano com 132 em processo de montagem.

Assim, a abertura de lojas foi uma das que mais sentiram dificuldade no período, pela dificuldade em realizar as inaugurações e pela falta de materiais para montagem no mercado.

Crescimento acima do mercado

Além de uma abertura extraordinária de lojas, a Farmarcas apresentou, ainda, um crescimento igualmente significativo em relação ao faturamento.

Comparando o período dos últimos 12 meses findados em outubro de 2020 com o mesmo período do ano anterior, a administradora apresentou, assim, um crescimento de 34,3% em seu faturamento.

Além disto, a Farmarcas triplicou seu faturamento nos últimos 4 anos

A projeção é fechar o ano com as lojas das redes movimentando entre R$ 4 bilhões, como havíamos projetado. O número é totalmente factível, sendo que de janeiro a outubro deste ano faturamos R$ 3,4 bilhões, faltando ainda dois meses “, analisa o diretor geral.

Outro ponto relevante é em relação ao resultado operacional anual das lojas.

Sendo que as farmácias obtiveram um lucro líquido acima de 10% (até agora se tem 12,93%); mostrando, dessa forma, um trabalho para as lojas venderem e terem resultados.

Objetivos para 2020

Para 2021 os objetivos da administradora de redes continuam ambiciosos: primeiro é terminar o ano com 1.500 lojas. Outro ponto é fazer com que o faturamento cresça 30% em relação ao período anterior, assim, mantendo o lucro das lojas superior à 10%.

Cinco objetivos traçados para o futuro da Farmarcas, de acordo com Paulo Costa.

  1. Fortalecer relacionamento com parceiros;
  2. Acelerar a jornada digital dos clientes, associados e dos processos internos;
  3. Melhorar a comunicação e criar canal de capacitação do empresário e seus colaboradores;
  4. Manter a certificação GPTW e continuar sendo a melhor empresa para se trabalhar em sua categoria
  5. Proporcionar satisfação aos associados em relação às entregas da Farmarcas.

Farmarcas: melhor empresa para trabalhar no setor Distribuição e Farmácias 

Fonte: Farmarcas

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário