Fortaleza mostra consumo de medicamentos abaixo da média nacional

Segundo a ePharma, em 12 meses, foram 1,3 caixa por pessoa, contra 2,6 em nível nacional

O consumo de medicamentos por usuários de programas empresariais de assistência farmacêutica em Fortaleza está bem abaixo da média nacional, segundo levantamento da ePharma, empresa que atua no gerenciamento de programas de benefícios de medicamentos (PBM) no Brasil. Dados referentes aos últimos 12 meses apontam uma média de 1,3 caixa por pessoa, contra 2,6 em nível nacional.

A ingestão de medicamentos por beneficiário em Fortaleza, que era de 14,6 há três anos, passou para 15,4. O estudo acompanhou o consumo de 556 usuários, que demandaram 8.599 fármacos no período. Deste total, 1.520 unidades foram solicitadas para tratamentos relacionados ao aparelho digestivo e ao metabolismo (18%), 1.498 estão associadas ao aparelho respiratório (17%), 1.467 ao sistema nervoso (17%) e 1.074 ao muscular (12%). A lista de medicamentos mais consumidos é encabeçada por Dorflex, Multigrip e o antialérgico Allegra.

Do montante receitado em 144 farmácias pesquisadas, 50% (4.280 unidades) são medicamentos prescritos de tarja vermelha, 9% (766) são vendidos com retenção (tarjas preta e vermelha, como antibióticos) e 41% representam os Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs).

Fonte: Guia da Farmácia

Foto: Shutterstock

Pesquisa Datafolha: gastos com saúde preocupam brasileiros aos 70 anos

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário