Genomma Lab investe em equipe e avança no segmento de OTC no Brasil

Os produtos que mais contribuíram para o avanço da empresa no segmento de OTC foram o creme para tratamento de hemorroidas Proctan e a linha LaKesia, de cuidados para mãos e pés

O brasileiro está cada vez mais preocupado com a saúde. A tendência, que ganhou força com a pandemia da Covid-19, contribuiu para o aumento nas vendas dos medicamentos isento de prescrição médica, o segmento foi o que mais cresceu, com aumento de 22,9% em relação a 2020 e receita de 13 bilhões de reais.

Atenta a esse cenário, a Genomma Lab, comemora pelo 3º ano consecutivo os resultados de seu portifólio OTC, com o crescimento de sell out de duplo dígito nas farmácias de todo o Brasil e ganhos significativos de market share nas marcas core da companhia, como Proctan e LaKesia.

Além de apostas em novos mercados como Liris, para saúde ocular, e a recém-lançada Nina, marca de melatonina comercializada pela empresa.

Resultado

O bom resultado se deve, principalmente, ao plano robusto da empresa que permite o oferecimento de produtos de alta qualidade com preços mais acessíveis aos consumidores.

Além de adequados à realidade brasileira.

“O programa de expansão da área no país começou em 2019 e contemplou a contratação de uma equipe especializada para as áreas de marketing, regulatório e projetos e com conhecimento específico do mercado que se uniu ao time global da companhia para atingir três pilares primordiais”, explica, então, a diretora da área na subsidiária brasileira, Cinthia Ribeiro.

No time do segmento de OTC ainda estão Joana Villas Boas e Débora Verotti, gerentes de produtos, Henrique Debone, gestor de projetos, e Fábio Gandra, gerente nacional de assuntos regulatórios e de desenvolvimento de negócios, que juntos somam vastas experiências com vivências em diversas companhias do ramo.

Entre os pilares, destacam-se a construção de marcas fortes com extensão de linha e com uma comunicação assertiva e o lançamento de produtos alinhados ao mercado local.

Orientação

Na opinião de Cinthia Ribeiro, a chave para o sucesso da estratégia foi, então, o olhar atento para as necessidades dos consumidores brasileiros.

“Muitos consumidores não têm acesso à informação sobre problemas de saúde ou de cuidados pessoais e, por isso, nossa comunicação busca sempre ser educativa e mostrar que há soluções acessíveis que podem melhorar a qualidade vida das pessoas”.

Produtos em destaque

De acordo com a executiva, os produtos da Genomma Lab que mais contribuíram para o avanço da empresa no segmento de OTC foram:

O creme para tratamento de hemorroidas Proctan e a linha LaKesia, de cuidados para mãos e pés.

Ambos, então, se tornaram líderes de mercado.

“A LaKesia, por exemplo, adaptou seus produtos para a mulher brasileira após pesquisa com consumidoras e conseguiu se reposicionar para atender às suas necessidades”, ressalta.

Vale ressaltar que hoje o Proctan é a marca que mais cresce em seu segmento, com 24% de market share no mercado brasileiro.

Já a Lakesia tem mais de 50% de market share no segmento de micoses de unha.

E 30% do mercado na categoria de fortalecedores de unha no canal farmácia.

A saber, a marca também foi considerada a marca Top Of Mind por meio de pesquisa feita pela IQVIA em 2019.

Diferencial dos produtos de OTC da Genomma Lab 

Para finalizar, Cinthia afirma que o crescimento também se deve à aposta da Genomma Lab na agilidade para antecipar lançamentos da área.

Como ocorreu, por exemplo, com o colírio de lágrimas artificiais Liris que, por meio de uma comunicação educativa, ajuda, então, a empoderar pessoas para que tenham mais saúde e bem-estar.

“O mercado brasileiro é um dos três principais mercados para a empresa, que atua em 18 países. Queremos explorar todo seu potencial e continuaremos em busca do crescimento e da liderança do mercado em todas as áreas que atuamos”, diz.

Genomma Lab apresenta resultados regionais do primeiro ano de sua estratégia de sustentabilidade 

Fonte: Genomma Lab 

Foto: Divulgação

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário