fbpx

Grupo Tapajós implementa e-commerce

O Grupo Tapajós, que administra rede de Drogarias Santo Remédio, inova com o varejo farmacêutico com nova tecnologia

O Grupo Tapajós dá mais um passo no processo de transformação digital com a implantação de seu sistema de e-commerce da rede de Drogarias Santo Remédio.

Para auxiliar nessa jornada, a companhia acaba de fechar uma parceria com a Simplus.

Empresa de tecnologia especializada em automação de cadastro de produtos, que fornece informações e imagens de produtos de mais de 5 mil marcas.

A plataforma

Para agilizar a criação do canal e oferecer, portanto, uma experiência de compra aprimorada, a plataforma disponibiliza, assim, fotos em diversos formatos.

Além da descrição completa dos medicamentos e produtos de higiene e beleza.

“Estamos apostando em inovações digitais para consolidar nossa posição de referência no Norte do País. E a rica base de dados do Simplus nos ajudará a acelerar esse processo”, comemora o diretor de marketing, vendas e consumer experience do Grupo Tapajós, Fernando Ferreira.

O uso de e-commerce

Com a tecnologia Simplus, a companhia também terá a informações como, relatório de verificação do código de barras, dados fiscais (CEST e NCM), logísticos e comerciais dos produtos.

Sempre que um descritivo ou imagem sofrer alguma alteração, o Grupo Tapajós será comunicado por e-mail, para que possa atualizar seu e-commerce, que será lançado em outubro.

Essa é uma parceria que agrega em toda a cadeia de vendas, logística, trade e marketing do Grupo Tapajós.

“As marcas atualizam cerca de 20% do portfólio por ano, por isso nós desenvolvemos um processo de manutenção, que mantém a última versão do produto na nossa plataforma”, explica o CEO da Simplus, Wellington Machado.

“Com isso, garantimos, assim, a distribuição correta e atualizada das informações, além de imagens do portfólio dos nossos clientes para que os consumidores tenham, dessa maneira, a melhora experiência de compra em todos os canais de vendas”, explica Machado.

Ainda segundo o executivo, isso gera mais receita para a indústria e para o varejo, pois previne trocas, devoluções e insatisfação dos clientes

Fonte e foto: Grupo Tapajós

Deixe um comentário