PDV

Guia da Farmácia: edição de fevereiro mostra autocuidado na farmácia

Farmacêutico pode aconselhar o paciente nesse momento, orientando ao uso correto de Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs)

O autocuidado pode ser, sim, um ato benéfico ao paciente e favorável ao sistema de saúde, desde que praticado de maneira responsável e esse é o enfoque da edição de fevereiro do Guia da Farmácia.

Diante deste momento de pandemia, esse hábito passou a ser mais frequente de maneira global. Portanto, seja como forma de evitar filas nos postos médicos ou até mesmo por questões de restrição de renda familiar, a automedicação foi o caminho encontrado.

Mas o desafio de tornar o autocuidado possível e seguro, sem que ocorra a autoprescrição, que leva uma pessoa a fazer uso de medicamentos tarjados sem a recomendação médica, parece estar distante no País. Afinal, por aqui, estima-se que quase metade da população se automedique, e nem sempre a orientação é a mais segura, vinda de parentes ou amigos.

É justamente neste contexto que entra a figura do farmacêutico. Este profissional que pode aconselhar o paciente nesse momento, orientando ao uso de Medicamentos Isentos de Prescrição (MIPs) diante de males menores; ou aconselhando-o na procura um médico caso seja detectado um problema de saúde que mereça atenção especializada.

Dessa forma, para debater o tema, a matéria de capa da revista Guia da Farmácia de fevereiro analisa, justamente, o papel primordial que a equipe da farmácia exerce nesse momento e dá os caminhos para a dispensação responsável.

Outros destaques da edição de fevereiro do Guia da Farmácia

guia da farmácia fevereiro destaques

Entrevista: oferecendo soluções já capazes de detectar novas variantes, como a ômicron, além de testes 3 em 1, para identificar infecções de Covid e Influenza A e B, o CEO da ECO Diagnóstica, Vinícius Pereira, conta como a empresa avança no varejo farma.

Oportunidade: atender às demandas de grávidas e lactantes ao longo de toda a gestação deve ser uma prioridade de todo varejista. Assim, a farmácia precisa estar preparada para assistir as necessidades de saúde e beleza desse público importante e exigente.

Beleza: a estação mais quente do ano exige hidratação redobrada, seja da pele ou dos cabelos. A boa notícia é que o mercado de beleza oferece opções para todos os gostos e bolsos.

Especial Saúde: pernas cansadas, trombose, imunidade, constipação e picadas de insetos são alguns dos temas de saúde explorados na edição. Eles podem ajudar o farmacêutico a alcançar um bom atendimento ao consumidor.

Fonte: Guia da Farmácia

Fotos: Shutterstock

Guia da Farmácia: Dia do Farmacêutico é destaque na edição de janeiro

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário