Destaques & lançamentos

Herbarium passa a compensar 100% das embalagens pós-consumo

Reconhecida como a primeira farmacêutica no país a receber o Selo B, a companhia se destaca por seu compromisso com a natureza

Com mais um passo em prol da sustentabilidade, a partir desse mês de junho, a Herbarium, Indústria Farmacêutica referência em fitoterápicos no Brasil, passa a compensar 100% das embalagens pós-consumo da marca.

Com a iniciativa certificada pelo Selo eureciclo, as embalagens dos produtos são enviadas para cooperativas e operadores de reciclagem para que retornem ao ciclo produtivo na economia, o que eleva as taxas de reciclagem e, fomenta o desenvolvimento da cadeia de reciclagem na região, além de criar impacto positivo para o meio ambiente.

Pioneira no processo de Logística Reversa de Medicamentos no Paraná, a Herbarium também se destaca como a primeira indústria farmacêutica no país a conquistar a certificação internacional do Selo B, que atesta o compromisso da empresa de gerar impacto positivo para a sociedade e o meio ambiente.

De acordo com a coordenadora de Marketing Institucional da Herbarium, Natana Martins, a companhia trabalha fortemente em diversas frentes, a fim de implantar novas ações e melhorias em iniciativas sustentáveis.

“A consciência ambiental é um sentimento que está presente em todas as atividades da Herbarium, desde o escritório até a produção. Atualmente, a legislação vigente exige que 22% das embalagens das indústrias sejam compensadas para minimizar o impacto ambiental, mas acreditamos que podemos ir além. Por isso, a partir de agora, 100% das nossas embalagens pós-consumo serão compensadas. Essa é mais uma iniciativa que adotamos para gerar menos resíduos na natureza e, ainda, promover e incentivar a saúde e o bem-estar a todos que estão ligados diretamente ou indiretamente ao nosso negócio”, finaliza Natana.

Fonte e foto: Herbarium

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário