Homens e mulheres entre 40 e 59 anos sofrem mais com sobrepeso e obesidade

Novo estudo do IBGE mostra que essa faixa etária sofre mais com o sobrepeso por questões de perda de massa. Nutrólogo explica como reverter a situação

Estudo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado no último dia 21, com dados da Pesquisa Nacional de Saúde 2019 (PNS)  mostra que tanto mulheres como homens brasileiros estão com sobrepeso.

95,9 milhões de brasileiros – acima de 18 anos – estão com excesso de peso, sendo que 41,2 milhões deles são considerados obesos.

Isso equivale a 60,3% da população dos brasileiros com sobrepeso são maiores de idade, sendo que as mulheres e os homens entre 40 e 59 anos são os mais afetados. 

Entre elas, 73,1% estão com sobrepeso e 38% têm um quadro de obesidade.

Já na ala masculina dessa faixa etária, são 67,1% e 30,2% respectivamente.

Brasileiros com sobrepeso

Segundo o médico nutrólogo especialista em obesidade Nataniel Viuniski, membro do Conselho para Assuntos Nutricionais da Herbalife Nutrition do Brasil, o fato dessa faixa etária sofrer mais com o sobrepeso tem a ver com a questão da sarcopenia (perda de massa).

Nas mulheres, por exemplo, a baixa na produção de hormônios na menopausa facilita ainda mais o acúmulo de gordura no corpo feminino.

“A partir dos 30 anos de idade, o organismo diminui 10% da massa muscular a cada década, impactando o metabolismo basal. Isso faz com que o corpo gaste menos calorias, facilitando o acúmulo de gordura e o aparecimento de doenças metabólicas e cardiovasculares“, explica.

Estilo de vida faz diferença 

Para prevenir ou reduzir essa perda de músculos e o ganho de gordura corporal, o médico nutrólogo reforça, todavia, a importância da adoção de um estilo de vida saudável e ativo.

“Uma alimentação equilibrada em calorias e com boas doses de proteína de qualidade é essencial para preservar a massa muscular, aliada aos exercícios diários”, coloca o médico, que também lembra da importância de modular o estresse – outro vilão do acúmulo de gordura e inimigo dos músculos.

“Para aumentar as chances de sucesso, indico aos meus pacientes buscarem ajuda de profissionais da saúde e comunidades que apoiam o estilo de vida saudável”, complementa Dr. Nataniel.

Dicas do especialista

Confira 10 dicas para uma rotina mais saudável e ativa, que contribui, dessa maneira, para prevenir o sobrepeso.

  1. Tome café da manhã – Comece o dia com um bom café da manhã. Alimentar-se logo pela manhã mantém seu corpo com energia e a sua mente pronta para trabalhar.
  2. Movimente-se mais  – Procure trazer mais atividades para o seu dia, como usar as escadas em vez de pegar o elevador. Se possível, vá de bicicleta ao trabalho ou caminhe enquanto conversa no celular. São pequenas ações que podem fazer diferença no final do seu dia.
  3. Não faça suas refeições na frente do computador ou da televisão – Quando nos alimentamos em frente a uma tela, o foco está bem longe da comida. Dessa forma, você aproveita pouco a refeição e nem presta atenção ao que está ingerindo.
  4. Pare de se alimentar enquanto estiver em movimento – Busque não se alimentar no carro, enquanto estiver andando na rua ou se arrumando para ir ao trabalho. Reserve um tempo para sentar, focar e aproveitar a refeição que está fazendo.
  5.  Fique atento às calorias – Cuidado com a ingestão de bebidas ricas em açúcares. Leia os rótulos e busque alimentos com boa densidade nutricional (elevada quantidade de nutrientes em relação ao seu valor enegético – Kcal).
  6.  Atenção à hidratação – Hidratar-se bem durante o dia é essencial para uma vida saudável. Por isso, mantenha uma garrafa de água ou chá sempre à mão.
  7. Inclua proteína em todas as refeições – A proteína satisfaz a fome com maior eficácia do que as gorduras e os carboidratos. Consuma, então, pequenas quantidades em todas as refeições: podem ser iogurtes, nozes, barras de proteína, substitutos parciais de refeição (shakes ou sopas), queijos ou atum para petiscos.
  8. Consuma vegetais e frutas em todas as refeições – Vegetais e frutas oferecem mais nutrição do que calorias.Eles são repletos de água, vitaminas, minerais e fibras. Isso significa que você irá receber todos os nutrientes e não perdê-los.
  9. Não pule refeições – Pular refeições dificilmente funciona como um medidor de calorias. Você apenas acumula para a próxima refeição. Fazer pequenos lanches entre as refeições, com intervalos de três horas, é uma excelente estratégia.
  10. Faça mais atividade física – Treinos queimam calorias, podem auxiliar no seu humor e ajudam a fortalecer os ossos. Além de ajudar na manutenção e construção da massa muscular, te deixam mais forte e podem acelerar o seu metabolismo

 

Covid-19 faz crescer busca por alternativas de combate à obesidade 

Índice de obesidade e doenças relacionadas deve piorar na pandemia 

Fonte: Nataniel Viuniski

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário