Hospital Alemão Oswaldo Cruz implementa sistema de monitoramento de refrigeradores de vacinas e medicamentos

A automação permite ao Hospital maior controle sobre o processo e sobre a qualidade dos produtos armazenados, fornecendo maior segurança ao ambiente hospitalar

O Hospital Alemão Oswaldo Cruz implementou um sistema de alertas automático de monitoramento de temperatura nos refrigeradores de vacinas e medicamentos que necessitam de armazenamento refrigerado.

O projeto compreende a instalação de 112 sensores distribuídos em áreas estratégicas de acondicionamento de medicamentos nas três unidades do hospital: Paulista, Vergueiro e Campo Belo, sendo 51 em refrigeradores, 21 destes em unidades assistenciais.

O piloto do sistema, testado no ano passado, está em funcionamento na Unidade Paulista e permite monitorar a temperatura de medicamentos termolábeis assim como vacinas, incluindo as de imunização da Covid-19.

Também permitirá o monitoramento ambiental de temperatura e umidade das áreas de armazenamento de medicamentos.

Respeitando, assim, os parâmetros estabelecidos pelos órgãos sanitários e garantindo a qualidade e eficácia dos insumos.

Os refrigeradores que armazenam estas vacinas precisam manter temperatura entre 2ºC e 8ºC.

“O monitoramento é feito 24 horas por dia, sete dias por semana e foi programado tanto para produzir registros quanto para emitir alertas em caso de necessidade”, explica a gerente de Assistência Farmacêutica do Hospital, Alessandra Pineda.

Automação dá segurança ao sistema de monitoramento do Hospital Oswaldo Cruz

Antes da implementação, o trabalho de verificação e controle da temperatura dos equipamentos em unidades assistenciais, era feito manualmente.

A vantagem do novo sistema, de acordo com Pineda, é sua total automação, reduzindo a intervenção humana no processo.

“Os históricos de temperatura, quando extraidos, ja estão formatados em um relatório em acordo com os padrões da Vigilância Sanitária. E na eventualidade de uma ocorrência, o sistema aciona as equipes de manutenção e engenharia em primeiro lugar. Depois de 20 minutos, um gestor da área também pode ser acionado em caso de necessidade”, afirma.

Assim, a automação permite ao Hospital maior controle sobre o processo, assim como sobre a qualidade dos produtos armazenados, fornecendo maior segurança ao ambiente hospitalar.

Implementação e ganho de tempo

O sistema de alertas está sendo implementado também, no Centro de imunização da Unidade Campo Belo, assim como na Unidade Vergueiro.

A saber, ao todo, Pineda informa que são 21 refrigeradores de medicamentos nas unidades assistenciais.

O sistema de sinalização e monitoramento garante menor tempo de resposta da área de manutenção.

Todas as informações geradas pelo sistema podem ser monitoradas por um operador em um computador ou por meio de um aplicativo em smartphones.

“De qualquer lugar, o gestor terá uma visão de todo o sistema, a qualquer momento que precise. E também poderá ser avisado por meio de chamada telefônica automática ou SMS, como preferir”, afirma.

Fonte: Hospital Alemão Oswaldo Cruz 

Foto: Shutterstock

Indique para um amigo ... Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Share on LinkedIn
Linkedin
Email this to someone
email
Print this page
Print

Deixe um comentário